Piranhas, Alagoas: cidade base para conhecer os Cânions do São Francisco

Piranhas, no Oeste de Alagoas, divisa com Sergipe, é uma cidade muito charmosa, com seu centro histórico às margens do rio São Francisco e também cheia de história. Esteve nos Caminhos do Imperador, quando Dom Pedro II fez uma expedição pelo Rio São Francisco, em 1859, e também foi a cidade onde foram expostas as cabeças de Lampião, Maria Bonita e outros 9 cangaceiros logo após terem sido mortos. Hoje, Piranhas é uma cidade turística, cheia de opções de hospedagens, restaurantes, bares e museus. E foi a nossa escolha de cidade base para conhecermos os Cânions do São Francisco.

Centro histórico de Piranhas, Alagoas
Centro histórico de Piranhas, Alagoas

Continuar lendo Piranhas, Alagoas: cidade base para conhecer os Cânions do São Francisco


Rota do Cangaço: passeio pelo rio São Francisco e trilha até o local onde Lampião e seu bando foram mortos

Se não for o mais famoso, Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, é, provavelmente, o mais controverso dos personagens nordestinos. Alguns o têm como um Robin Hood, outros, como um bandido violento. De personagens históricos a folclóricos, Lampião e seus cangaceiros, alguns deles são tidos até como santos, despertam ainda hoje, a curiosidade de muita gente. Na “Rota do Cangaço” conhecemos o final trágico de sua história. O passeio parte do município de Piranhas, Alagoas, onde descemos o rio São Francisco de lancha até a Fazenda Angicos para fazer a trilha que leva até o local onde Lampião, sua companheira, Maria Bonita e mais nove cangaceiros foram mortos.

A princípio, a ideia do passeio me pareceu um pouco mórbida, mas a Rota do Cangaço, além de ser um passeio pela história e cultura nordestinas, também inclui paisagens muito bonitas, como o vilarejo de Entremontes. Na Fazenda Angicos funciona um restaurante com uma ótima estrutura e ponto para banho no rio São Francisco.

Reflexo no Rio São Francisco
Reflexo no Rio São Francisco

Continuar lendo Rota do Cangaço: passeio pelo rio São Francisco e trilha até o local onde Lampião e seu bando foram mortos


Aracaju (SE): dicas e roteiro para 2 dias só com atrações gratuitas

Aracaju é uma cidade que surpreende. Capital mais jovem do Nordeste, com apenas 161 anos (fundada em março de 1855), nasceu planejada e mantém-se organizada. A cidade, hoje, não se resume aos traços de um tabuleiro de xadrez, como foi pensada, mas a medida que foi crescendo, foi buscando soluções que a deixam ainda mais bonita e os visitantes com vontade de se mudar para lá. Banhada pelo rio Sergipe e pelo mar, Aracaju não resume suas atrações às belezas naturais e oferece opções que agradam turistas dos mais diversos interesses. Aracaju foi, para mim, uma grata surpresa e, neste post, compartilho algumas dicas e sugestão de roteiro para 2 dias só com atrações gratuitas.

Passarela do Caranguejo, Orla de Atalaia
Passarela do Caranguejo, Orla de Atalaia

Continuar lendo Aracaju (SE): dicas e roteiro para 2 dias só com atrações gratuitas


Retrospectiva 2016: as 8 viagens que marcaram o nosso ano

É quase um consenso que 2016 não foi um ano fácil, em muitos aspectos (política no Brasil e no Mundo, crise econômica, tragédias etc), mas em termos de viagens, nós não temos o que reclamar deste ano. Viajamos menos do que em 2015, afinal, ano passado, passamos 5 meses fora, no Dois na América, mas conseguimos visitar destinos que há muito tempo sonhávamos em conhecer. E, também, como fizemos viagens mais curtas, conseguimos ter um pouco mais de conforto. Ah! E o melhor de tudo, enquanto publico esta retrospectiva, estamos fazendo uma viagem linda, que há anos planejamos (acompanhe no nosso IG @compviagens). Então, só tenho que esperar coisas boas para 2017! Agora, vamos ao nosso top 7 de viagens marcantes de 2016:

Continuar lendo Retrospectiva 2016: as 8 viagens que marcaram o nosso ano