Pernambuco: ilha de Santo Aleixo, o paraíso a 30 minutos de Porto de Galinhas

Quando falei ao dono da nossa pousada em Porto de Galinhas que íamos para a ilha de Santo Aleixo, ele me disse: “Ir a Santo Aleixo é o mesmo que estar no Havaí”. Bem, não conheço ainda o Havaí, por isso, não posso validar a comparação. Mas, conhecemos o Caribe, e posso dizer que a ilha pernambucana não deve em nada às ilhas caribenhas. Tem águas mornas, calmas, cristalinas, em tons de azul, areia branquinha e coqueiros. A ilha é uma propriedade privada que fica em frente a Barra de Sirinhaém, no município de Tamandaré, a 30 minutos de carro de Porto. Fiquei sabendo da existência desse paraíso, graças a Carol Duque (do blog Idas e Vindas e Pernambucanamente), e visitamos a ilha à convite da Monteiro´s Tour, única empresa que faz o passeio de lancha de Barra de Sirinhaém a Santo Aleixo.

Ilha de Santo Aleixo, em Tamandaré
Ilha de Santo Aleixo, em Tamandaré

Continuar lendo Pernambuco: ilha de Santo Aleixo, o paraíso a 30 minutos de Porto de Galinhas


Cuba: O que fazer em Trinidad

Trinidad é uma das cidades coloniais mais bem preservadas de Cuba. Fundada em 1514, tem um belíssimo centro histórico, com casarões coloridos. A cidade, juntamente com o Vale dos Engenhos, que fica no entorno, é Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO.

É uma das cidades mais visitadas de Cuba, pois além do centro histórico, com museus, há muito o que se ver nos arredores de Trinidad pelo Vale dos Engenhos, com várias cachoeiras. Próximo a cidade também fica a praia Ancón. E ainda por cima, Trinidad é conhecida por ter uma noite animada, com opções para quem quer curtir desde salsa a reggaeton.

Centro histórico de Trinidad
Centro histórico de Trinidad

Continuar lendo Cuba: O que fazer em Trinidad


Roteiro de 10 dias na Costa Rica

A Costa Rica é um país para os amantes da natureza. Tem belas praias no Mar do Caribe e Oceano Pacífico, florestas, vulcões e uma fauna impressionante. O país fez parte do nosso mochilão pela América Central, durante o Dois na América e compartilho com vocês nosso roteiro de 10 dias.

Roteiro

Nós chegamos na Costa Rica cruzando a fronteira do Panamá, saindo de Bocas del Toro e chegando em Puerto Viejo de Talamanca, uma pequena cidade praiana do Caribe, bastante turística. Ficamos dois dias em Puerto Viejo e depois seguimos para a capital, San José. Em San José ficamos mais dias do que gostaríamos, pois, como vocês sabem, nós temos que viajar e trabalhar. Mas 2 dias são mais que suficientes para conhecer a cidade.

Puerto Viejo
Puerto Viejo

Bicho preguiça em Puerto Viejo
Bicho preguiça em Puerto Viejo

O nosso próximo destino na Costa Rica foi o Parque Nacional de Manuel Antonio, que tem uma das praias mais bonitas do mundo, de acordo com o Traveller´s Choice 2016, promovido pelo Tripadvisor. Para ter tempo suficiente para conhecer o parque e as praias que ficam próximas, o ideal são 2 dias também.

Parque Nacional Manuel Antônio
Parque Nacional Manuel Antonio

Para irmos de Quepos, cidade base para o Parque Nacional, até Monteverde, que seria nosso próximo destino, tivemos que fazer uma parada de 1 noite em Puntarenas, outra cidade praiana. O mar de Puntarenas não se compara ao das praias de Manuel Antonio, mas a orla é bem charmosinha, com um farol e o fim de tarde, com o pôr do sol no mar é muito bonito.

Puntarenas
Puntarenas

Na manhã seguinte, bem cedo, partimos para Monteverde, uma região de floresta nublada. Este é um dos destinos turísticos mais importantes da Costa Rica, pela variedade da fauna e flora e também por ter várias opções de atividades ao ar livre, inclusive, esportes radicais.

Quem tiver mais tempo na Costa Rica, pode aproveitar ainda para incluir a cidade de La Fortuna, onde fica o vulcão Arenal.

Continue lendo este post:

Hospedagem e Transporte

A Costa Rica é o país mais desenvolvido da América Central, tanto em termos econômicos quanto sociais. É um país bastante organizado e com boa estrutura, além de ser seguro.

Viajar pelo país é bem tranquilo e dá para ir para os principais destinos turísticos de ônibus, que, comparado com os outros países da América Central, são modernos e confortáveis. Fique atento apenas às distâncias entre um destino e outro, pois vendo no mapa, podem parecer bem próximos, mas como o país tem muitas regiões montanhosas, os trajetos podem ser mais longos do que o que parece.

San José
San José

A Costa Rica também oferece boas opções de hospedagem, tanto hostels, pousadas quanto hotéis. Algumas praias do pacífico oferecem mais opções de resorts e são destinos muito procurados por estrangeiros, especialmente americanos. Por isso, na Costa Rica, os destinos do Pacífico são mais caros do que os do Caribe.

Reserve sua hospedagem na Costa Rica

Continue lendo este post:

Custo

A moeda do país é o Colón Costa-Riquenho. Apesar de R$ 1 ser o equivalente a R$ 136 CRC, não se engane, o custo na Costa Rica é muito alto, especialmente se comparado com os outros países da América Central.

Infelizmente, não temos o cálculo do nosso custo médio no país, mas só para vocês terem um ideia, fiz uma comparação entre o custo de vida em San José com o de São Paulo, pelo site Expatistan, que apontou que a capital da Costa Rica é, em média, 30% mais cara que Sampa. A comida, por exemplo, chega a ser 55% mais cara em San José do que em São Paulo.

Um detalhe é que, na maioria dos estabelecimentos turísticos, inclusive restaurantes e parques nacionais, os preços são cobrados em dólares americanos.

Leia também:

Costa Rica: Parque Nacional Manuel Antonio tem uma das melhores praias do mundo

8 Motivos para fazer um mochilão pela América Central

Quer viajar para a Costa Rica? Confira estas promoções que encontramos para você!

 

Reserve sua hospedagem na Costa Rica

Viaje tranquilo! Faça um seguro viagem:


8 Motivos para fazer um mochilão pela América Central

Durante o Dois na América, projeto que realizamos este ano, visitamos vários países da América Central que não estavam em nosso roteiro inicial e nos surpreenderam. Países que fazem parte do mesmo continente que o nosso, mas que sempre pareceram tão distantes. São ainda muito poucos os brasileiros que viajam por este subcontinente e não sabem o que estão perdendo. Neste post listei alguns motivos para fazer um mochilão pela América Central. Continuar lendo 8 Motivos para fazer um mochilão pela América Central


Caribe colombiano: Islas del Rosario e Playa Blanca, passeio imperdível saindo de Cartagena

Coqueiros, areia branca, águas tranquilas, de cor azul turquesa e cristalina. O caribe tal qual imaginamos não existe na famosa Cartagena das Índias, mas é possível encontrá-lo bem próximo dali, nas Islas del Rosario e em Playa Blanca, que ficam a 1h de barco do seu centro histórico. Todos os dias saem passeios que incluem a visita às ilhas e à praia. Para quem quer mais dias de sombra e água fresca, também é possível hospedar-se em Playa Blanca. Seja para um bate-volta ou para ficar mais uns dias. Se for a Cartagena não deixe de conhecer esses dois paraísos do Caribe colombiano.

Playa Blanca
Playa Blanca

Continuar lendo Caribe colombiano: Islas del Rosario e Playa Blanca, passeio imperdível saindo de Cartagena


Caribe Colombiano: conheça o paradisíaco Parque Nacional Tayrona

Na região do Caribe colombiano, a 34 km de Santa Marta, o Parque Tayrona é um dos parques nacionais mais visitados do país. As praias, as trilhas pela floresta e povoados indígenas, que habitam a reserva desde o século 5, são os principais atrativos do Tayrona. Declarado pela Unesco como uma reserva da biosfera, o parque possui 27 espécies de fauna e flora que são únicas da região, além de proteger mais 56 espécies que se encontram em perigo de extinção.

Cabo de San Juan del Guia
Cabo de San Juan del Guia

Continuar lendo Caribe Colombiano: conheça o paradisíaco Parque Nacional Tayrona


Barranquilla: o que fazer na cidade do carnaval colombiano

“No es sólo lo que tiene¡ Es lo que sucede!” (Não só o que tem! É o que acontece). O slogan de Barranquilla define muito bem a cidade, que não é bonita, não tem tantos lugares para visitação turística, mas realiza grandes eventos de janeiro a outubro e tem como destaque o maior carnaval da Colômbia, que foi declarado patrimônio oral e imaterial da humanidade pela Unesco. Barranquilla também se torna especial pelo seu povo, conhecido por ser alegre, festeiro e receptivo. Neste post, listei o que fazer na cidade e o calendário de eventos.

Máscaras do Carnaval de Barranquilla
Máscaras do Carnaval de Barranquilla

Continuar lendo Barranquilla: o que fazer na cidade do carnaval colombiano


Lagoa do Carcará: o Caribe potiguar

Dia desses recebemos em nossa casa duas argentinas e uma delas fez o seguinte pedido: a gente quer ir a uma praia com água azul e areia branca como o Caribe. Respondi: praia não tem, mas conheço uma lagoa que passaria fácil por praias caribenhas na foto. E além de águas cristalinas com tonalidades azul e verde (na foto sai mais verde) e areia branca, a Lagoa de Carcará tem coqueiros e tudo mais e com uma vantagem com relação às praias do Caribe (que infelizmente ainda não conheço), a água é doce, afinal, é uma lagoa.

O paraíso potiguar de águas cristalinas. Foto: Karla Larissa
O paraíso potiguar de águas cristalinas. Foto: Karla Larissa

Continuar lendo Lagoa do Carcará: o Caribe potiguar