“No es sólo lo que tiene¡ Es lo que sucede!” (Não só o que tem! É o que acontece). O slogan de Barranquilla define muito bem a cidade, que não é bonita, não tem tantos lugares para visitação turística, mas realiza grandes eventos de janeiro a outubro e tem como destaque o maior carnaval da Colômbia, que foi declarado patrimônio oral e imaterial da humanidade pela Unesco. Barranquilla também se torna especial pelo seu povo, conhecido por ser alegre, festeiro e receptivo. Neste post, listei o que fazer na cidade e o calendário de eventos.

Máscaras do Carnaval de Barranquilla
Máscaras do Carnaval de Barranquilla

Quando disse a nossas amigas de Bogotá que íamos a Barranquilla, ela nos disse: “a cidade não é bonita, mas as pessoas são especiais”. E  é verdade. Os barranquillenos falam alto, dão muita gargalhada, fazem brincadeiras e, sobretudo, são muito prestativos.

A cidade fica entre dois destinos turísticos bastante populares, Cartagena e Santa Marta (Parque Tayrona), como queríamos visitar essas duas cidades e encontramos um voo em preço promocional, decidimos passar dois dias em Barranquilla.

Tempo suficiente para visitar os principais atrativos turísticos da cidade:

Catedral Metropolitana María Reina

Fachada da Catedral de Barranquilla
Fachada da Catedral de Barranquilla

A catedral fica na calle 53 com carrera 46, tem uma arquitetura moderna, mas o que chama mais atenção está no interior, um monumento do Cristo Libertador, de 16 toneladas; belíssimos vitrais e grandes mosaicos de São José e Maria.

Interior da catedral chama atenção pelos vitrais e cristo de 16 toneladas
Interior da catedral chama atenção pelos vitrais e cristo de 16 toneladas

A entrada é gratuita.

Casa del Carnaval

Barranquilla é internacionalmente conhecida pelo seu Carnaval e um pouco da história e dos personagens desta festa é contada na Casa del Carnaval, um casarão em estilo colonial e caribenho, que fica na Carrera 54, 49B-39. Apesar do casarão, apenas duas salas estão abertas a visitação, uma com vídeos e outra com máscaras e painéis interativos.

A entrada é gratuita.

Parque Cultural del Caribe

Parque Cultural del Caribe
Parque Cultural del Caribe

Na minha opinião esta é a melhor atração da cidade. Um moderno museu com exposições interativas que apresenta o caribe, especialmente o colombiano, em vários aspectos: geografia, fauna e flora, atividades econômicas, história, cultura, tribos indígenas. Há uma sala dedicada ao escritor Gabriel García Marquez.

Sala dedicada a Gabriel Garcia Marquez no Museu do Caribe
Sala dedicada a Gabriel Garcia Marquez no Museu do Caribe

São três pavimentos e a visita dura em torno de 2h.

Também fazem parte do Parque,  a Mediateca Macondo, a Biblioteca Infantil Piloto del Caribe,o restaurante Cocina del Museo, o Jardín de Las Mariposas, um salão múltiple para eventos e a Plaza Mario Santo Domingo.

Horários:

Segunda a quinta, das 8h às 17h (bilheteria até às 16h)

Sexta, das 8h às 18h (bilheteria até às 17h)

Sábados, domingos e feriados, das 9h às 18h (bilheteria até às 17h)

Entrada: adultos – 12.000 COPs

crianças até 12 anos e maiores de 65 anos – 8.000 COPs

http://culturacaribe.org/Parque_Cultural_del_Caribe

La Cueva

Este restaurante era ponto de encontro de intelectuais e artistas colombianos, como Gabriel García Márquez, Álvaro Cepeda Samudio, Alfonso Fuenmayor, Germán Vargas, Alejandro Obregón e Orlando “Figurita” Rivera. O La Cueva, fica na carrera 43 com calle59, e além de muita história, tem uma decoração curiosa com quadros, biblioteca e peças em homenagem a seus clientes cativos, uma delas é o Baú de Gelo, em homenagem a Gabriel García Márquez e seu livro Cem Anos de Solidão.

A comida é requintada, apesar de não ser tão deliciosa, e o preço é alto para os padrões colombianos, mas vale a visita por ser um local histórico. Uma boa é ir em dia de música ao vivo, em geral, nos fins de semana.

http://fundacionlacueva.org/

Bocas de Ceniza

Bocas de Ceniza
Bocas de Ceniza

Este é um passeio um tanto quanto curioso para se fazer em Barranquilla, Bocas de Ceniza é o ponto de encontro da boca do rio Magdalena  e do mar do Caribe. Uma faixa estreita de areia separa rio e mar até o encontro dos dois. O passeio é feito em um vagão artesanal de trenzinho, que corre por um antigo trilho até chegar nas bocas. As águas do rio e do mar (apesar de ser Caribe) são escuras, entre marrom e cinza. O trajeto de trem ida e volta dura uns 40 minutos, mas ao chegar nas bocas é feita mais uma parada de 30 minutos. Neste ponto, existem alguns barracos de madeira, onde vivem algumas famílias de pescadores, que tem um jeito curioso de pescar, usando pipas (papagaios). Outra coisa interessante são as placas nas portas da casa em que os pescadores dizem porque não querem deixar de viver no local.

Barracos dos pescadores em Bocas de Ceniza
Barracos dos pescadores em Bocas de Ceniza
Placa em uma das casas dos pescadores
Placa em uma das casas dos pescadores

Para chegar até o ponto de saída é preciso ir de táxi ou pegar um requixá na estrada. O táxi sai em torno de 10.000 COPs, dependendo do local da cidade em que você esteja, o requixá, 2.000 COPs por pessoa. O trem custa 10.000 COPs por pessoa, ida e volta.

Trenzinho que faz o passeio em Bocas de Ceniza
Trenzinho que faz o passeio em Bocas de Ceniza
Pôr do Sol no mar de Barranquilla
Pôr do Sol no mar de Barranquilla

Estátua de Shakira

Shakira é a filha mais famosa de Barranquilla e a cantora sempre faz questão de exaltar a cidade em suas músicas, shows e entrevistas. Também mantém na cidade a fundação Pies Deslcazos. Mas a única homenagem que Barranquilla rendeu a Shakira é uma pequena estátua, que fica em uma parte distante da cidade, no Estádio Metropolitano Roberto Meléndez. Fomos até a estátua, mas foi uma completa decepção, pois está toda pichada e abandonada.

Calendário de eventos de Barranquilla

Janeiro – Loa de Baranoa (evento religioso)

Fevereiro – Carnaval de las Artes e Sirenato de la Cumbia

Março – Carnaval de Barranquilla e FICBAQ (Festival Internacional de Cinema)

Abril – BarranquillArte (Feira de Arte Contemporânea) e Encontro Nacional e Internacional de Teatro

Maio – Cine a la Calle (Mostra Internacional de Curta-metragens com exibições ao ar livre)

Junho – Fiesta de la Música

Julho – Poema Rio (Festival Internacional de Poesia do Caribe)

Agosto – Festival Internacional de Cuenteros (encontro de narradores para preservar a narração oral na região do caribe colombiano)

Setembro – Barranquijazz (Festival Internacional de Jazz e Latín Jazz)

Outubro – Salão Internacional do Autor Audiovisual

Em Barraquilla, nos hospedamos no Hotel Casa Boston. Veja outras hospedagens na cidade.

De Barranquilla fomos de ônibus a Santa Marta. O trecho custa 12.000 COPs e dura cerca de 1h30.


Comentários

  • Pingback: Colômbia pela primeira vez: dicas e o que você precisa saber | Compartilhe Viagens()

  • Julia

    Adorei o texto, mas tá com um errinho 🙂

    Estátua de Shakira

    Barriquilla é a filha mais famosa de Barranquilla e a cantora sempre faz questão de exaltar a cidade em suas músicas, shows e entrevistas…

    O guia da colombia está me ajudando muito a organizar a minha viagem o

    • Julia,

      Muito obrigada por avisar. Consertei.;) Que bom que gostou dos posts. Se tiver alguma dúvida, só perguntar. :*