Primeira viagem do bebê à praia

O encontro de Elis com o mar era um dos momentos que eu mais aguardava desde que ela nasceu. Por sorte, ela chegou no “inverno” (em Natal, isso só significa um pouco de chuvas e uma temperatura mais amena) e justo no início do verão estaria apta para ir à praia. Mas a minha ansiedade era tanta que acabei adiantando algumas semanas e a levamos antes de completar os seis meses, idade recomendada pelos pediatras (que o dela não leia isto! hehe). Para essa primeira vez, escolhemos uma das minhas praias favoritas no Rio Grande do Norte: Praia de Camurupim, a 30 km de Natal. Aproveitamos a oportunidade para nos hospedar no Praia Bonita & Convention, que há um bom tempo queria conhecer. Ficamos duas noites.

Assista o vídeo para ter uma amostra dos lugares escolhidos:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

O Rio Grande do Norte é um estado abençoado por belezas naturais. E com tantas belas praias foi difícil escolher uma para a primeira vez da nossa filha. A eleita foi a Praia de Camurupim, a 30 km de Natal. E para o passeio ficar ainda mais completo, Elis ainda experimentou banho de lagoa na belíssima Lagoa de Arituba e banho de piscina no @praiabonitaresort, que foi nossa escolha para hospedagem. Assistam ao vídeo e nos digam se foi ou não foi uma boa escolha. 😍 Para ler o post completo sobre a primeira viagem da nossa bebê à praia, clique no link na bio. #visitrn #meurnélindo #riograndedonorte #rn #praiadecamurupim #lagoadearituba #viagemcombebê #viagemcomcrianças #tresnomundo

Uma publicação compartilhada por Compartilhe Viagens (@compviagens) em

Continue lendo este post:

A escolha da praia – Praia de Camurupim

Com Elis na praia de Camurupim-RN
Com Elis na praia de Camurupim-RN

A Praia de Camurupim fica no litoral Sul do Rio Grande do Norte, uns 30 a 40 minutos de Natal. Aliás, a “viagem” de Natal até lá passa por cenários belíssimos e, para quem não conhece, vale algumas paradas, como o “Maior Cajueiro do Mundo”, a Baía dos Golfinhos em Tabatinga.

Escolhemos Camurupim porque é uma praia tranquila. Uma barreira de arrecifes quebra as ondas e forma uma verdadeira piscina natural. Por ser mais afastada da capital, também tem boa balneabilidade. E não é uma praia cheia de barracas, mesas e cadeiras. Tem apenas alguns restaurantes.

Primeiro banho de mar de Elis
Primeiro banho de mar de Elis

Outro ponto favorável é que era um deslocamento muito curto, então, ela não precisava ficar muito tempo na cadeirinha do carro.

Como o hotel ficava de frente para a praia, levamos Elis logo quando chegamos no final de tarde. Para falar a verdade, essa não foi a primeira vez que Elis viu à praia. Antes já tínhamos a levado em Ponta Negra, praia mais famosa de Natal. Mas não a colocamos na areia nem no mar. Ou seja, não conta! =)

Bem, colocamos os pezinhos dela na areia para ela ir sentindo e ela não muito cara de quem estava gostando e nem desgostando. Haha Depois, fizemos muitas fotos, claro! E, em seguida, levei ela para sentir a água, ver o mar e ela se animou um pouco mais e depois fomos para o banho de mar de fato. Mesmo com muito vento, a água estava tranquila e ela aproveitou. Fez um monte de besourinho com a boca, que era o jeito que ela demonstrava que estava gostando de algo.

Depois do banho de mar, molhamos ela no chuveiro do restaurante onde ficamos e enrolamos com um roupão quentinho. Mass, depois de outras experiências com ela na praia, agora levo uma garrafa de água de 1,5 litro para lavá-la caso não tenha chuveiro próximo. #Ficaadica

Essa não foi a única estreia de Elis nesta viagem. Também teve banho de piscina no hotel. Aproveitamos que logo cedo não tinha ninguém e a piscina estava limpíssima. Usamos a boinha dela e ela adorou! Ficou só batendo os pezinhos.

E também teve banho de lagoa…que conto mais na frente.

Continue lendo este post:

Lagoa de Arituba

Lagoa de Arituba
Lagoa de Arituba

O município onde fica Camurupim, Nísia Floresta, é pequeno (pouco mais que 22 mil habitantes), mas abençoado por belezas naturais. Além das praias tem nada mais nada menos que 26 lagoas. Entre as mais conhecidas estão a Lagoa do Carcará (que já apresentei a vocês) e a Lagoa de Arituba, para qual levamos Elis.

Primeiro banho de lagoa de Elis (Lagoa de Arituba)
Primeiro banho de lagoa de Elis (Lagoa de Arituba)

Para explicar melhor a vocês, o hotel onde ficamos o Praia Bonita tem uma ótima localização. Fica bem em frente à praia de Camurupim, basta atravessar a rua, e bem atrás dele fica a Lagoa de Arituba.

Primeiro banho de lagoa de Elis (Lagoa de Arituba)
Primeiro banho de lagoa de Elis (Lagoa de Arituba)

Arituba pode ir do paraíso ao caos dependendo do dia em que se visite. Durante a semana e até o sábado é bem tranquilo. Mas aos domingos, fica lotada! A lagoa é belíssima e no rasinho tem uma água cristalina. Tem vários restaurantes, que estão bem organizadinhos, com mesas, guarda sóis, redes, espaços cobertos, e que oferecem cardápios de petiscos, refeições e bebidas por preços justos.

Cochilinho na rede após o banho de lagoa (Lagoa de Arituba)
Cochilinho na rede após o banho de lagoa (Lagoa de Arituba)

Além de um banho refrescante, a lagoa tem como opções de lazer, passeio de caiaque (R$ 10 – 30 minutos), pedalinho (R$ 20 para 2 adultos + criança – R$ 30 minutos), tirolesa (não estava funcionando, acabei sem saber o preço).

Pedalinhos na Lagoa de Arituba
Pedalinhos na Lagoa de Arituba

Ao contrário do que pensei, Elis aproveitou o banho de lagoa menos do que o de mar. Mas atribuo isso ao sono. Logo, ela tirou o cochilo na rede do restaurante com o papai, enquanto a mamãe aproveitava o banho de lagoa.

Além da corujisse normal de mãe de primeira viagem, essas experiências dela foram de aquecer o meu coração, pois frequentei todos esses lugares durante a minha infância e me trazem lembranças muito boas. <3

Continue lendo este post:

O hotel – Praia Bonita Resort

Nós três no Praia Bonita Resort
Nós três no Praia Bonita Resort

Fazia um tempo que queria conhecer o Praia Bonita Resort, mas sempre adiava porque normalmente não pagamos muito em diária de hospedagem. Mas conseguimos um bom preço pelo Booking.com, mesmo sendo na alta estação, então, resolvemos aproveitar. Fechamos duas diárias no esquema apenas de café da manhã. Mas eles têm opções de All Inclusive e também apenas umas refeição.

O hotel, como falei, tem uma localização estratégica entre a praia  de Camurupim (basta atravessar a rua) e a Lagoa de Arituba (fica perto, mas melhor ir de carro). A piscina é enorme, com 1.200m²,  e é muito bonita.

São três andares de quartos e também três opções: Quarto Luxo, que fica no 1° piso, com quarto e banheiro social, com capacidade para até 3 pessoas; o

Quarto Super Luxo, no térreo e/ou 1° andar, nessa opção os quartos do térreo tem a mesma configuração do quarto luxo, mas a varanda dá acesso a piscina. Os apartamentos deste tipo no 1º Andar possuem jacuzzi exclusiva no solarium; no 2° andar ficam as  Suítes master, que comportam até 5 pessoas, tem ante-sala climatizada, banheiro social, varanda, sendo que algumas suítes possuem jacuzzi na varanda. Os quartos têm vista para piscina ou para o mar.

Um detalhe é que o acesso aos andares de cima é por escada. Então, quem tiver dificuldade de acesso, melhor pedir um quarto no térreo.

Nosso quarto (Quarto Luxo) no Praia Bonita Resort
Nosso quarto (Quarto Luxo) no Praia Bonita Resort

Nosso quarto (Quarto Luxo) no Praia Bonita Resort
Nosso quarto (Quarto Luxo) no Praia Bonita Resort

Banheiro do quarto
Banheiro do quarto

Nós ficamos em um “Quarto Luxo” no primeiro andar, que tinha uma cama de casal, mais um colchão de solteiro no chão porque avisamos que tínhamos criança, tv, frigobar, armários, mesa e cadeiras, varanda, ar condicionado, cofre. Achei o quarto bem amplo e confortável. Assim como o banheiro. Só não me agradei do chuveiro que é naquelas cabines que tem hidromassagem e tudo mais, porém ela não estava muito firme e balançava um pouco, enquanto tomávamos banho. =) Mas pode ser um problema apenas do nosso quarto.

 

Quanto ao restaurante, como falei, só fechamos pacote com café da manhã, que é compatível com o nível do hotel, com variedade de frutas, pães, tapioca feita na hora e outras comidas regionais como cuscuz, inhame, macaxeira, entre outras coisas. Não chegamos a almoçar nem jantar lá. Optamos por frequentar outros restaurantes da região, que ficam na praia e na lagoa. Mas para quem não fechou o sistema de All Inclusive, eles cobram uma taxa de R$ 50 para o buffet livre no almoço e o mesmo valor para o jantar, quando não tem shows e R$ 80 quando têm shows.

Vista da varanda do nosso quarto
Vista da varanda do nosso quarto

Elis lanchando uma frutinha na cadeira do quarto
Elis lanchando uma frutinha na cadeira do quarto

Quando estivemos no hotel, Elis estava no início da Introdução Alimentar, então, levamos só frutinhas e usamos a mesa mesmo do quarto. Mas o Praia Bonita dispõe de Copa Baby com geladeira, fogãozinho, microondas, gelágua, pia e liquidificador.

O hotel tem ainda campo de futebol de areia, quadra de vôlei de areia, sauna, mini golf, playground, espaço KIDS, jacuzzi na área de lazer, bar na piscina e no acesso à praia tem algumas espreguiçadeiras e palhoças. Nos fins de semana, o resort oferece também atividades com recreadores na piscina.

Outro serviço interessante do resort é um anexo para pets, que não são permitidos na área do hotel, mas podem ficar neste local, chamado de “Praia Canita”, que possui casinha privativa, cama, tapete descartável, jardim particular, com serviço de limpeza e de troca de água. O serviço é uma cortesia do resort e o cliente deve entrar em contato com antecedência com o hotel.

Piscina do Praia Bonita Resort
Piscina do Praia Bonita Resort

Continue lendo este post:

Mala do bebê – o que levar

Elis na piscina do hotel
Elis na piscina do hotel

Brinquedinhos para distrair a viagem de carro não podem faltar
Brinquedinhos para distrair a viagem de carro não podem faltar

A cada viagem com Elis vou conseguindo fazer uma mala mais enxuta. Nesta viagem levei:

1 mantas

1 toalha

4 fraldas de piscina (ela usa fralda ecológicas reutilizáveis)

2 biquínis

2 pijamas

2 pares de roupas por dia

3 pares de meias (para dormir)

8 fraldas de pano (para limpar o rostinho)

Camisa de proteção solar

15 fraldas descartáveis + 2 noturnas (isso depende da quantidade que a criança por dia)

Boia para piscina

Pratinho

Colherzinha

Babador de silicone

Faquinha (para cortar as frutas)

Copinho de água

Sabão e bucha para lavar os utensílios do bebê

Brinquedos e mordedores

Filtro solar

Repelente

Chapeuzinho de praia

O carrinho nós andamos sempre com ele no carro, mas não utilizamos. No restaurante, enquanto fazíamos nossa refeição, ela ficou no cadeirão.

Levamos a piscininha inflável porque não pretendia colocá-la na piscina, mas como falei, estava limpa e vazia, então usamos. A piscininha também pode ser utilizada como banheirinha.

Como na primeira viagem dela, não levamos berço nem banheira porque fazemos cama compartilhada e ela está acostumada com banho de chuveiro. Mas para os bebês que dormem sempre no berço, os pais podem perguntar ao hotel se eles oferecem bercinho (acabei não perguntando. Sorry!).


Lagoa do Carcará: o Caribe potiguar

Dia desses recebemos em nossa casa duas argentinas e uma delas fez o seguinte pedido: a gente quer ir a uma praia com água azul e areia branca como o Caribe. Respondi: praia não tem, mas conheço uma lagoa que passaria fácil por praias caribenhas na foto. E além de águas cristalinas com tonalidades azul e verde (na foto sai mais verde) e areia branca, a Lagoa de Carcará tem coqueiros e tudo mais e com uma vantagem com relação às praias do Caribe (que infelizmente ainda não conheço), a água é doce, afinal, é uma lagoa.

O paraíso potiguar de águas cristalinas. Foto: Karla Larissa
O paraíso potiguar de águas cristalinas. Foto: Karla Larissa

Continuar lendo Lagoa do Carcará: o Caribe potiguar