Morar Fora: Barcelona, Espanha, por Suzy Borges

Sabe aquela pessoa da família que é a última que você imagina que poderia largar tudo e morar fora do país? Pois é, essa para mim era a minha prima, Suzy. Motivo: ela é filha única e muitíssimo apegada aos pais, além disso, tinha no Brasil uma carreira sólida e promissora em um banco. Mas, em 2007, ela surpreendeu a todos da família, quando decidiu mudar-se para Barcelona (hoje ela vive em Terrassa, que fica na região metropolitana, a 28km de Barcelona), na Espanha. Foi para lá porque se apaixonou pelo namorado, mas também pela cidade, que tinha conhecido alguns meses antes.

Há quase 10 anos vivendo na Catalunha, ela enfrentou a severa crise espanhola, mas superou todas as dificuldades e conseguiu o que queria. Construiu uma família linda e retomou a carreira de bancária, em um banco espanhol. Tenho muito orgulho da história dela e, por isso, não poderia deixar de compartilhar com vocês. Nesta entrevista, ela conta como foi sua ida para Barcelona, como foi difícil a adaptação, enfrentar uma das maiores crises financeiras da Europa e como conseguiu conquistar o que sonhava, quando chegou ao país.

Suzy, com a filha, Laia, e o marido, Jordi, vestidos com a camisa do time do "Barça"
Suzy, com a filha, Laia, e o marido, Jordi, vestidos com a camisa do time do “Barça”

Continuar lendo Morar Fora: Barcelona, Espanha, por Suzy Borges


Países para quem gosta de comer bem

Para algumas pessoas, na hora de escolher um destino para viajar, tão importante quanto belas paisagens, atrações interessantes e povo receptivo, é a gastronomia. Este post é resultado de uma pesquisa do Instituto Compartilhe Viagens de Pesquisa, ou seja, com base nos países em que eu e Fred mais gostamos da comida! haha São 9 países para quem gosta de comer bem. E não estou falando de restaurantes caros. Mas de países onde é possível comer bem até mesmo em barraquinhas de rua e restaurantes baratinhos. Os países estão na ordem de nossa preferência gastronômica!

Continuar lendo Países para quem gosta de comer bem


Espanha: roteiro para conhecer Salamanca, Ávila e Segóvia, Patrimônios da Humanidade

Nos arredores de Madri, visitamos três cidades que são Patrimônio Mundial da UNESCO: Salamanca, Ávila e Segóvia. Difícil eleger a mais bonita. Cada uma delas tem uma importância histórica distinta, mas todas são incrivelmente bem preservadas. Em Salamanca está a Universidade mais antiga da Espanha e uma das plazas mayores mais lindas do país. A cidade também possui um dos mais ricos patrimônios dos períodos medieval e do Renascimento. Ávila que se orgulha de ter a muralha fortificada mais bem preservada da Europa e Segóvia, também murada, é famosa pelo seu castelo Alcázar, que, assim como o Neuschwanstein na Alemanha, dizem ter inspirado Walt Disney a criar o castelo da Cinderela. Em Segóvia também há um aqueduto romano. Passear pelas três cidades é como estar em um filme de época, sem falar na paisagem ao redor das cidades, com muitos campos, montanhas e rios. As três cidades comunidade autónoma de Castela e Leão e são próximas uma das outras, organizei um roteiro para quem quer conhecer as três.

Plaza Mayor de Salamanca
Plaza Mayor de Salamanca

Continue lendo este post:

Transporte

Começamos o roteiro pela cidade mais distante de Madri, que é Salamanca. O trajeto pode ser feito de transporte público de ônibus ou trem. Mas opção mais econômica que encontramos foi de ônibus com a empresa Avanza Bus. A viagem leva em torno de 2h30. De trem a viagem leva em torno de 2h40 e é um pouco mais cara. A pesquisa pode ser feita no site da RailEurope.

De Salamanca seguimos para Ávila, que fica no meio do caminho até Segóvia. Também optamos pelo ônibus com a mesma empresa. A viagem leva em torno de 1h30. De trem, o trajeto pode levar entre 1h05 e 1h25 e também custa um pouco mais caro.

De Ávila a Segóvia, também seguimos de ônibus com a mesma companhia, em uma viagem de 1h. Não há opções de trem. A volta de Segóvia a Madri é que fizemos de trem.  A pesquisa também pode ser feita no site da RailEurope. A viagem dura entre 28 min e 1h45, a depender do trem escolhido e horário.

Os ônibus da Avanza Bus foram bem confortáveis e os preços são bem acessíveis.

Continue lendo este post:

Hospedagem

Uma noite em cada uma dessas cidades é o suficiente para conhecê-las. Em Salamanca nos hospedamos no Hostal Uría, simples, mas confortável, com preço acessível e relativamente próximo ao centro histórico, apenas a uma caminhada de 10 minutos. Veja outras opções em Salamanca aqui.

Em Ávila, ficamos no Hostal Alcántara, que fica dentro das muralhas, o que foi uma experiência maravilhosa. Hostal super charmoso, confortável e bem avaliado.  Veja outras opções em Ávila aqui.

Não reservamos hospedagem em Segóvia, pois voltamos no final do dia para Madri. Deixamos nossa bagagem no locker da rodoviária. Mas a cidade é um charme e quem quiser se hospedar, acho uma boa ideia. Veja opções aqui.

<strong>Continue lendo este post:</strong>

O que fazer

Salamanca

IMG_5608

Das três cidades Salamanca é a maior e com mais atrações que merecem ser visitadas. Historicamente, Salamanca é uma cidade universitária e isso é bem perceptível num passeio pela cidade, onde se vê muitos jovens. A Plaza Mayor é um bom começo para um passeio pela cidade. Mas o ideal é voltar à noite e vê-la também iluminada. Também são imperdíveis as visitas as Catedrais Velha e Nova; ao Convento San Estéban; a Universidade de Salamanca (a mais antiga da Espanha); a Casa de Las Conchas; a subida nas torres de La Clerecía na Scala Coeli (vista para a cidade) e um passeio pela ponte romana.

Vista das torres de La Clerecía na Scala Coeli
Vista das torres de La Clerecía na Scala Coeli

Ponte romana
Ponte romana

Porta da Catedral de Salamanca
Porta da Catedral de Salamanca

Continue lendo este post:

Ávila

Muralha de Ávila
Muralha de Ávila

Ávila é a menorzinha das três cidades, mas uma das mais charmosas. A grande atenção é, sem dúvida, as suas muralhas e passear em volta delas é a melhor forma de ver o quanto são grandiosas e preservadas. Existe um caminho que leva até os Quatro Postes, o ideal é fazê-lo no fim de tarde para ver o pôr do sol de lá e depois a cidade iluminada. Em um passeio dentro das muralhas, destacam-se a Catedral, a Prefeitura e Plaza Mayor. Um pouco afastado das muralhas fica o Convento de São Tomas, que também tem a visita muito recomendada.

Rua de Ávila
Rua de Ávila

Igreja de Santa Tereza de Ávila
Igreja de Santa Tereza de Ávila

Muralhas vista dos Quatro Postes
Muralhas vista dos Quatro Postes

Cidade iluminada
Cidade iluminada

Continue lendo este post:

Segóvia

Aqueduto romano de Segóvia
Aqueduto romano de Segóvia

Alcázar de Segóvia visto do mirante
Alcázar de Segóvia visto do mirante

O castelo Alcázar e aqueduto romano são as atrações mais famosas de Segóvia, mas a cidade tem muito o que vê. A Catedral, a Plaza Mayor, a Calle Real e La Juderia são alguns dos lugares mais importantes da cidade por dentro das muralhas. Também vale um passeio no entorno das muralhas. Para ver o castelo de fora, o melhor local é o Mirador de la Pradera de San Marcos.

Segóvia
Segóvia

Ruas de Segóvia
Rua de Segóvia

 

Outros posts sobre a Espanha:

Barcelona: Visita a Cavas Freixenet

Sexta é dia de bar: Bodega la Ardosa em Madri e as melhores croquetas do mundo

Verão na Europa: conheça a linda Tossa de Mar na Costa Brava (ES)

Roteiro de 2 dias em Madri só com atrações gratuitas

Espanha pela primeira vez: dicas e o que você precisa saber

Roteiro em Barcelona (Primeiro Dia): Plaça de Catalunya, Sagrada Família, Parque Güell, La Pedrera e La Rambla

Roteiro em Barcelona (Segundo dia): Catedral Gótica, Passeig de Colom, Montjuic e Camp Nou

Quer viajar para Madri? Confira estas promoções que encontramos para você!

Viaje tranquilo! Para viajar para Europa é obrigatório fazer um seguro viagem. Faça sua cotação:


Barcelona: Visita a Cavas Freixenet

É um erro comum chamar de Champagne qualquer espumante. Mas só pode ser chamada assim, a bebida produzida na região Champgne na França, que já apresentamos neste post (Um Brinde à Champagne). Já o equivalente espanhol ao champagne francês é a Cava. Menos famosa, porém quase tão deliciosa quanto. E a mais famosa produtora de Cavas é a Freixenet, que este ano completa 100 anos. A visita à Freixenet é imperdível para quem está Barcelona e aprecia um bom vinho e espumante. Fizemos esta visita em nossa última ida a cidade e adoramos! Neste post, você fica sabendo de todos os detalhes para fazer a visita também:

Cavas Freixenet em Penedes
Cavas Freixenet em Penedes

Continuar lendo Barcelona: Visita a Cavas Freixenet


Verão na Europa: conheça a linda Tossa de Mar na Costa Brava (ES)

Começou o verão na Europa e para quem viaja neste período para o continente é indispensável incluir as praias no roteiro. Na Espanha, uma das regiões mais visitadas durante a estação é a Costa Brava, litoral da cidade de Girona, na Catalunha, próximo a fronteira com a França. E foi na Costa Brava que descobri Tossa de Mar,  uma antiga vila de pescadores cheia de história, com lindas praias e paisagens.

Praia de Tossa, Tossa de Mar
Praia de Tossa, Tossa de Mar

Tossa de Mar  fica a 103 km ao norte de Barcelona e 100 km ao sul da fronteira com a França. A pequena cidade praiana guarda relíquias históricas, como ruínas de uma vila romana do século do século 1 a.C, e o único exemplo de cidade medieval fortificada ainda de pé na costa catalã, a Vila Velha, que fica as margens do mar mediterrâneo, na praia principal.

 

Continuar lendo Verão na Europa: conheça a linda Tossa de Mar na Costa Brava (ES)


Roteiro de 2 dias em Madri só com atrações gratuitas

Prédios do centro de Madri
Prédios do centro de Madri

Assim como Rio e São Paulo, existe uma “rixa” entre Barcelona e Madri. Meu coração já era de Barcelona, pois já havia estado lá duas vezes, quando conhecemos a capital espanhola.  Mas, depois de conhecê-la, prefiro não tomar partido. A verdade é que as duas cidades são bem diferentes e interessantíssimas.

Madri é uma cidade com uma bonita arquitetura e com uma vida cultural pulsante. É lá que ficam em cartaz os principais espetáculos teatrais do país, concertos e musicais. Também estão na capital os principais museus da Espanha, como o Museu do Prado e o Museu da Reina Sofia, que guardam obras de mitos da artes espanhola como Pablo Picasso, Salvador Dalí e Joan Miró.

Madri tem também bonitos prédios, parques e praças, com destaque para o Parque Del Retiro e a Plaza Mayor, que são alguns dos pontos turísticos mais visitados na cidade. Mas o melhor jeito de conhecer Madri e os madrilenhos é tapeando, ou melhor, degustando as deliciosas tapas (petiscos espanhóis), em algum de seus inúmeros bares e restaurantes. Para quem gosta, Madri também é famosa por sua noite animada. As baladas mais famosas ficam no Chuenca, distrito GLS da cidade.

Para sobrar dinheiro para as tapas, vinhos e baladas, preparei um roteiro de 2 dias em Madri só com atrações gratuitas (algumas são pagas, mas tem horários gratuitos). Para ficar melhor ainda, se você estiver hospedado em uma boa localização, dá para fazer tudo a pé e não gastar nem com transporte. Continuar lendo Roteiro de 2 dias em Madri só com atrações gratuitas


Espanha pela primeira vez: dicas e o que você precisa saber

A Espanha é um dos meus países  favoritos. As paisagens, a diversidade cultural, as pessoas, a comida, tudo me encanta naquele país. Estivemos lá a primeira vez em 2012. Mas apenas em Barcelona. Durante, a Volta ao Mundo, em 2013, voltamos a capital da Catalunha e aproveitamos para conhecer outras cidades espanholas: fomos a Costa Brava, Madri, Salamanca, Ávila, Segóvia. Pouco ainda. Mas a Espanha é assim: é preciso visitá-la muitas vezes para conhecer cada um dos “pequenos países” que estão dentro dela, que são chamados comunidades autônomas.  Das próximas vezes, queremos ir a Andaluzia, país Basco, Galícia…

Para quem nunca viajou para a Espanha,  divido algumas  informações importantes sobre o país. E inicio esta semana a série “Espanha”.

Plaza Mayor de Salamanca
Plaza Mayor de Salamanca

Continuar lendo Espanha pela primeira vez: dicas e o que você precisa saber


Blogagem coletiva: Retrospectiva com os 12 posts mais especiais de 2012

Olá viajantes!

O ano já está nos seus últimos dias e só tenho a agradecer. 2012 foi um ano muito especial e para mim, isso muito se deve ao Compartilhe Viagens. Fiz muitos amigos a partir do blog, que nasceu sem muitas pretensões, conheci outras realidades e tive um grato reconhecimento do trabalho que tenho feito com muito carinho. Aliás, como diria Confúcio “escolha um trabalho que você ame e não terás que trabalhar um único dia em sua vida” e O CV tem me ensinado que isto não é balela, mas é realmente possível.

Gostaria de agradecer imensamente a todos que colaboraram com este projeto, aos viajantes que me enviaram suas experiências, que para minha surpresa, foram muitos; ao mestre Antonino Condorelli, que tem cadeira cativa no blog, com sua coluna O Vagamundo, onde sempre publica seus belíssimos textos reflexivos; as empresas que apostaram no blog, como a Harabello Turismo, o Restaurante Caxangá Pipa, a Pousada Pedra Grande e o Taverna Pub. Por fim, quero agradecer a meu companheiro de vida e de viagens, que está por trás de tudo no CV, como analista de sistemas e fotógrafo nas horas vagas, Fred Santos.

Este post não é uma retrospectiva qualquer, faz parte da blogagem coletiva de fim de ano, da qual estão participando dezenas de blogs de viagens. Cada um escolheu os seus 12 posts mais especiais de 2012.

Para mim, a tarefa de escolher os melhores posts deste primeiro ano é ainda mais difícil, pois tudo foi muito especial. Como o Compartilhe Viagens não é escrito apenas por mim, resolvi dividir a seleção em seis posts de minha autoria e seis posts de viajantes colaboradores. Para não ser injusta escolhendo os melhores textos de colaboradores, pois todos foram muito importantes para o blog, vou colocar os que tiveram mais acessos e repercussão.

Os 6 posts mais especiais (escritos por Karla Larissa):

1-      Roteiro: Natal (RN) para turistas e natalenses: Escrever sobre minha cidade e com a ajuda do meu pai, Carlos Eduardo, que é guia de turismo em Natal há mais de 15 anos, foi muito especial. Mas melhor ainda, foi acompanhar a repercussão que o post teve, sendo o campeão de acessos e comentários do blog. E o seu desdobramento, que será o Rota 84 (www.rota84.com.br), um site filho do CV com conteúdo exclusivo de Natal e do Rio Grande do Norte que lançaremos em breve.

Noite de lua cheia em Natal. Foto: Canindé Soares
Noite de lua cheia em Natal. Foto: Canindé Soares

Continuar lendo Blogagem coletiva: Retrospectiva com os 12 posts mais especiais de 2012