Olá viajantes!

Hoje Laia, filha da minha prima Suzy, que como já disse aqui foi minha anfitriã em Barcelona, completa 2 aninhos e dedico a ela este post, que traz os detalhes do segundo dia do meu roteiro na capital da Catalunha.

O roteiro deste segundo dia inclui a visita a linda Montjuic, bem como a Arena Olímpica e o estádio do Barça.

Para quem não viu ainda o primeiro dia do roteiro, leia aqui.

Bon viatge!

Barcelona por Karla Larissa

Ao longo de sua história milenar, Barcelona reúne vários acontecimentos marcantes. Por centena de anos, a cidade ficou cercada por muralhas construídas pelo Imperador Cláudio no século 2 e que só foram derrubadas no século 19. Partes dessa história são contadas por meio dos prédios históricos que ainda estão de pé e por ruínas de outros que já foram destruídos ou pelo tempo ou por guerras.

Ruínas das antigas muralhas de Barcelona
Ruínas das antigas muralhas de Barcelona

A Catedral Gótica é um desses prédios. A catedral fica no chamado bairro gótico que reúne outros prédios do período medieval. A igreja é muito bonita e é realmente impressionante estar num lugar com tantos anos de história e tão bem conservado.

Catedral gótica
Catedral gótica
Interior da catedral gótica
Interior da catedral gótica
Bairro gótico
Bairro gótico

Seguimos o passeio no bus turistic em direção ao Port Vell. Paramos em frente ao Passeig de Colom, monumento em homenagem a Cristóvão Colombo, navegador que descobriu as Américas. O monumento aponta a direção do nosso continente.  Lá é possível subir de elevador a torre, o que não fizemos, pois estava interditado. Na semana anterior a nossa visita, um grupo de turista havia ficado horas presos. Ainda bem que nos livramos dessa!

Ruas de Barcelona
Ruas de Barcelona
A típica foto no Passeig de Colom apontando para América
A típica foto no Passeig de Colom apontando para América

O porto de Barcelona fica em frente ao monumento e foi lá que pegamos um speed boat e fizemos um rápido passeio pelas praias. Mas agora já posso dizer que naveguei pelas águas do Mar Mediterrâneo.

No Port Vell com o Mar Mediterrâneo ao fundo
No Port Vell com o Mar Mediterrâneo ao fundo
No speed boat
No speed boat

Do barco, vimos o Maremàgnum, o World Trade Center, o edifício Wella, e as várias praias de Barcelona, saindo de Platja de Sant Miquel até Platja de La Nova Mar Bella, passando pela mais famosa, a Platja de La Barceloneta.

Shopping Marèmagnum
Shopping Maremnàgnum
Edifício Wella
Edifício Wella
Praias de Barcelona
Praias de Barcelona
Porto Olímpico
Porto Olímpico

De volta à terra firme, seguimos no bus em direção à montanha de Montjuic. Paramos nos jardins de Miramar, de onde se têm uma vista belíssima de toda Barcelona. Paramos para fazer um lanche no jardim em frente ao Hotel Miramar. Depois tomamos uma cerveja para refrescar o calor, no restaurante em frente, que tem uma vista espetacular!

Jardins do Hotel Miramar
Jardins do Hotel Miramar
Jardins do Hotel Miramar
Jardins do Hotel Miramar

Um pouco descansados, seguimos para pegar o teleférico de Montjuic em direção ao Castelo. Do Castelo aí sim, temos uma vista de 360 graus de Barcelona. Do alto, vamos identificando ponto a ponto cada um dos monumentos ou lugares que já havíamos visitado, com destaque para a grandiosa Sagrada Família.  De lá da para visualizar bem, a forma como Barcelona foi construída, rodeada por montanhas, de um lado, e abraçada pelo mar, do outro.

Castelo de Montjuic
Castelo de Montjuic
Barcelona vista do Castelo de Monjuiccom destaque para a Sagrada Família
Barcelona vista do Castelo de Monjuic com destaque para a Sagrada Família
Fred fazendo uma pausa para descanso no Castelo de Montjuic
Fred fazendo uma pausa para descanso no Castelo de Montjuic
Vista do Castelo de Montjuic
Vista do Castelo de Montjuic

Na saída do castelo, um periquito virou atração nas mãos de Fred, com direito a muitos cliques dos outros turistas.

Periquito exibicionista
Periquito exibicionista

Continuamos o passeio por Montjuic, visitando o Estádio Olímpico e a Anella Olímpica. A Anella foi o centro e a área principal dos Jogos Olímpicos de 1992 e além do estádio é lá que fica o Palacio Sant Jordi, também usado nos jogos. Nas proximidades, estão também as piscinas olímpicas, que atualmente são usadas como piscinas públicas, inclusive,com um dia da semana reservado a nudistas. Aproveitamos as fontes da Anella para nos refrescar, pois o sol estava intenso. Na praça, a cena era repetida por turistas e catalães.

Anella Olímpica
Anella Olímpica
Me refrescando na fonte do Estádio Olímpico
Me refrescando na fonte do Estádio Olímpico

O Museu Nacional de Arte da Catalunha (MNAC) é um dos prédios mais belos e impressionantes de Barcelona. Pena que não tivemos tempo de entrar. O prédio fica logo depois da Anella e em frente a Plaça d´Espanya,que também é belíssima.

Museu Nacional de Arte da Catalunha (MNAC)
Museu Nacional de Arte da Catalunha (MNAC)
Plaça d´Espanya
Plaça d´Espanya

Em frente à Plaça d´Espanya fica o antigo Coso Taurino, ou praça dos touros, onde aconteciam as touradas e que hoje ainda bem dá lugar a um shopping.  Na Catalunha, aliás, as touradas foram proibidas desde o ano passado.

Chegamos ao Camp Nou, faltando 5 minutos para fechar a bilheteria. Com os tickets na mão, tivemos tempo de visitar o campo do Barça e o Museu, com os inúmeros troféus do clube. O ingresso do Camp Nou também pode ser comprado online com desconto aqui.

No Camp Nou
No Camp Nou
Na cabine de imprensa
Na cabine de imprensa

O Barcelona, como diz seu slogan, é mais que um clube para os catalães, é uma representação do povo, uma forma de demonstrar o amor a Catalunha. É impressionante como eles vivem isso no dia a dia e não só em dias de jogos. Jordi, o marido da minha prima, por exemplo, só bebe a cerveja catalã, que é a patrocinadora do clube. Na casa deles, até o leite era da marca patrocinadora do Barça! E a filhinha deles, Laia, que como disse, acaba de completar 2 anos, mas consegue identificar o símbolo do time de longe, além de cantar os gritos de guerra da torcida.

Troféus, muitos trófeus do Barça
Troféus, muitos trófeus do Barça
Com Dani Alves
Com Dani Alves

Voltamos a Plaça Catalunya e fomos mais uma vez ao El Corte Inglés. Desta vez, as compras foram no supermercado, que estava na semana de produtos brasileiros. Compramos Guaraná Antártica, pão de queijo, goiabada, castanha e chocolate batom. Um pedido de desculpas a minha prima por não levar a tapioca.

Compras brasileiras
Compras brasileiras

Encerramos a noite com um jantar na casa dela, regado por um bom vinho. No dia seguinte, fizemos um passeio em Terrassa e em Montserrat, que já contei a vocês aqui!

Compre ingressos com desconto para as principais atrações de Barcelona e não perca tempo em filas.

*O Compartilhe Viagens participa de um programa de afiliados do Ticketbar, por meio do qual é possível comprar ingressos online com descontos com segurança e ainda ajudar ao blog se manter. 

Comentários

  • Desde já parabens pelo post de Barcelona, a minha cidade preferida logo depois de Lisboa. gosto tanto de BCN que voltava para morar por lá mesmo, alias já la tive mais de 7 vezes e nunca me fartei. è linda, irreverente e moderna. Voce chegou a ir visitar a fonte de Montjuic de noite? senão nem sonha o que perdeu. O MNAC é um dos melhores museus que visitei muito bom mesmo. Só tem razões para voltar a visitar BCN e se regressar pode me convidar farei de guia =).

    • Oi Luffi, Barcelona é realmente demais e espero voltar em breve. Montjuic à noite, deve ser realmente incrível!

  • Pingback: Espanha: roteiro para conhecer Salamanca, Ávila e Segóvia, Patrimônios da Humanidade | Compartilhe Viagens()