Eclipse solar visto de Natal – RN

Como vocês devem ter visto em todos os meios de comunicação, hoje aconteceu um eclipse solar, que pôde ser visto total, apenas nos Estados Unidos, mas pôde ser observado, parcialmente, em 15 estados brasileiros, principalmente do Norte e Nordeste. Nós fomos até o Parque da Cidade, em Natal, onde centenas de pessoas se reuniram para assistir a esse espetáculo, que foi ainda mais especial porque terminou com o pôr do sol. Nós fizemos váaaarias fotos e escrevi este post para compartilhar com vocês.

Parque da Cidade, obra de Oscar Niemeyer
Parque da Cidade, obra de Oscar Niemeyer

O eclipse começou em Natal por volta das 16h30 e culminou com o pôr do sol. A visão que tivemos de Natal foi da lua cobrindo cerca de 40% do sol, que ficou em forma de uma meia lua.

Eclipse visto pelo telescópio
Eclipse visto pelo telescópio

Como nos explicou Pedro Ferreira, astrônomo e também amigo nosso, que acompanhou o fenômeno com a gente, o eclipse solar acontece quando a lua fica entre a terra e o sol, formado uma penumbra. “Infelizmente, desta vez, só veremos o fenômeno parcial. O total só pôde ser visto nos Estados Unidos”, nos disse Pedro.

O eclipse começou por volta das 16h25 em Natal
O eclipse começou por volta das 16h25 em Natal. Foto feita com óculos escuros na frente! =)
Eclipse visto com a ajuda de uma chapa de raio-x
Eclipse visto com a ajuda de uma chapa de raio-x
Grupo de pesquisadores levou telescópio para visitantes do Parque observarem o eclipse
Grupo de pesquisadores levou telescópio para visitantes do Parque observarem o eclipse

No Parque da Cidade, um grupo de pesquisadores de Natal levou um telescópio para que as pessoas no parque pudessem observar o eclipse, que visto a olho nu pode ser prejudicial. Apesar de que muita gente não deu muita importância para isso. Mas, teve gente também que levou chapas de raio-x para observar melhor o fenômeno. Peguei uma emprestada de um amigo e fizemos algumas fotos.

No final, por volta das 17h30, teve eclipse com pôr do sol, que mereceu palmas da plateia. =)

O Parque da Cidade fica no bairro de Pitimbú, em Natal, e tem monumento projetado por Oscar Niemeyer.

O eclipse solar culminou com o pôr do sol
O eclipse solar culminou com o pôr do sol

As fotos foram feitas por Fred. Lá no nosso Instagram @compviagens tem vários vídeos, mostrando como foi a movimentação para ver o eclipse em Natal.


5 Motivos para viajar para a Chapada dos Veadeiros, Goiás

A Chapada dos Veadeiros, em Goiás, é um dos destinos mais incríveis que já conhecemos no Brasil. Um lugar de beleza e atmosfera únicas no país. Não é à toa que é Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO, desde 2001. Estivemos lá no ano passado e não vejo a hora de voltar. Desde então, tenho recomendado como um dos lugares imperdíveis no Brasil. Mas por que conhecer a Chapada dos Veadeiros? Fiz uma lista de 5 motivos em parceria com o Desviantes*, empresa especializada em levar as pessoas para viver experiências inusitadas sempre com muito contato com a natureza.

Continuar lendo 5 Motivos para viajar para a Chapada dos Veadeiros, Goiás


De Santiago ao Rio de Janeiro – dia 1º embarcaremos para um novo mochilão pela América do Sul

Segunda-feira (1), embarcaremos para Santiago do Chile para o nosso próximo mochilão. Que saudades que estou de colocar a mochila nas costas! Nossas últimas viagens não foram exatamente mochilões e apesar de terem sido maravilhosas, a sensação de mochilar é completamente diferente.

A começar que tudo que sabemos é que chegaremos por Santiago e voltaremos pelo Rio de Janeiro. O rolé vai ser grande! haha A princípio, não íamos comprar passagem de volta, mas Fred tem prazos do mestrado a cumprir, por isso, deveremos voltar no início de junho. Então, serão aproximadamente 40 dias de mochilão e teremos a companhia maravilhosa de Juliane Boll, a alemã mais brasileira que você respeita, que estará encerrando sua viagem de volta ao mundo de 8 meses. Para quem não sabe, Julie assina a série #Worldlust aqui no Compartilhe Viagens e é nossa sócia na versão do blog em inglês Share Journeys. Continuar lendo De Santiago ao Rio de Janeiro – dia 1º embarcaremos para um novo mochilão pela América do Sul


Belo Horizonte: o que fazer em 2 dias

Belo Horizonte é a principal porta de entrada para quem visita Minas Gerais, mas muita gente vê a cidade apenas como uma base para viajar por cidades históricas nos arredores ou alguns dos muitos parques naturais de Minas. No entanto, BH tem também muito a oferecer a turistas. E não estou falando só de boa comida e bebidas. =) A cidade, que foi uma das primeiras capitais planejadas do Brasil e hoje é um grande centro urbano com 2,5 milhões de habitantes, tem belas praças, parques urbanos e muitos museus, sem falar nos mercados, feirinhas e, claro, os botecos. Dois dias é o mínimo necessário para conhecer Belo Horizonte. Saiba o que fazer em, pelo menos, 2 dias em BH: Continuar lendo Belo Horizonte: o que fazer em 2 dias


Piranhas, Alagoas: cidade base para conhecer os Cânions do São Francisco

Piranhas, no Oeste de Alagoas, divisa com Sergipe, é uma cidade muito charmosa, com seu centro histórico às margens do rio São Francisco e também cheia de história. Esteve nos Caminhos do Imperador, quando Dom Pedro II fez uma expedição pelo Rio São Francisco, em 1859, e também foi a cidade onde foram expostas as cabeças de Lampião, Maria Bonita e outros 9 cangaceiros logo após terem sido mortos. Hoje, Piranhas é uma cidade turística, cheia de opções de hospedagens, restaurantes, bares e museus. E foi a nossa escolha de cidade base para conhecermos os Cânions do São Francisco.

Centro histórico de Piranhas, Alagoas
Centro histórico de Piranhas, Alagoas

Continuar lendo Piranhas, Alagoas: cidade base para conhecer os Cânions do São Francisco


Rota do Cangaço: passeio pelo rio São Francisco e trilha até o local onde Lampião e seu bando foram mortos

Se não for o mais famoso, Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, é, provavelmente, o mais controverso dos personagens nordestinos. Alguns o têm como um Robin Hood, outros, como um bandido violento. De personagens históricos a folclóricos, Lampião e seus cangaceiros, alguns deles são tidos até como santos, despertam ainda hoje, a curiosidade de muita gente. Na “Rota do Cangaço” conhecemos o final trágico de sua história. O passeio parte do município de Piranhas, Alagoas, onde descemos o rio São Francisco de lancha até a Fazenda Angicos para fazer a trilha que leva até o local onde Lampião, sua companheira, Maria Bonita e mais nove cangaceiros foram mortos.

A princípio, a ideia do passeio me pareceu um pouco mórbida, mas a Rota do Cangaço, além de ser um passeio pela história e cultura nordestinas, também inclui paisagens muito bonitas, como o vilarejo de Entremontes. Na Fazenda Angicos funciona um restaurante com uma ótima estrutura e ponto para banho no rio São Francisco.

Reflexo no Rio São Francisco
Reflexo no Rio São Francisco

Continuar lendo Rota do Cangaço: passeio pelo rio São Francisco e trilha até o local onde Lampião e seu bando foram mortos


Aracaju (SE): dicas e roteiro para 2 dias só com atrações gratuitas

Aracaju é uma cidade que surpreende. Capital mais jovem do Nordeste, com apenas 161 anos (fundada em março de 1855), nasceu planejada e mantém-se organizada. A cidade, hoje, não se resume aos traços de um tabuleiro de xadrez, como foi pensada, mas a medida que foi crescendo, foi buscando soluções que a deixam ainda mais bonita e os visitantes com vontade de se mudar para lá. Banhada pelo rio Sergipe e pelo mar, Aracaju não resume suas atrações às belezas naturais e oferece opções que agradam turistas dos mais diversos interesses. Aracaju foi, para mim, uma grata surpresa e, neste post, compartilho algumas dicas e sugestão de roteiro para 2 dias só com atrações gratuitas.

Passarela do Caranguejo, Orla de Atalaia
Passarela do Caranguejo, Orla de Atalaia

Continuar lendo Aracaju (SE): dicas e roteiro para 2 dias só com atrações gratuitas


Programação do Carnaval em Natal-RN

Por muitos anos, Natal era uma cidade que ficava deserta no Carnaval, pois os blocos de rua tinham se enfraquecido ao longo do tempo e a programação carnavalesca era bem modesta. Os natalenses costumavam viajar para o interior ou para as praias do litoral Sul e Norte e quem ficava na cidade era para descansar. Mas, nos últimos anos, a cidade tem recuperado o gosto pela folia, os blocos de rua começaram a ressurgir e atrações nacionais e locais se apresentam à noite em palcos, espalhados em vários pontos da cidade.

Se você estiver em Natal no Carnaval 2017, poderá aproveitar a praia durante o dia, sair num bloquinho no fim de tarde e assistir a um dos shows à noite. Confira a programação:

Continuar lendo Programação do Carnaval em Natal-RN