Quando falei ao dono da nossa pousada em Porto de Galinhas que íamos para a ilha de Santo Aleixo, ele me disse: “Ir a Santo Aleixo é o mesmo que estar no Havaí”. Bem, não conheço ainda o Havaí, por isso, não posso validar a comparação. Mas, conhecemos o Caribe, e posso dizer que a ilha pernambucana não deve em nada às ilhas caribenhas. Tem águas mornas, calmas, cristalinas, em tons de azul, areia branquinha e coqueiros. A ilha é uma propriedade privada que fica em frente a Barra de Sirinhaém, no município de Tamandaré, a 30 minutos de carro de Porto. Fiquei sabendo da existência desse paraíso, graças a Carol Duque (do blog Idas e Vindas e Pernambucanamente), e visitamos a ilha à convite da Monteiro´s Tour, única empresa que faz o passeio de lancha de Barra de Sirinhaém a Santo Aleixo.

Ilha de Santo Aleixo, em Tamandaré
Ilha de Santo Aleixo, em Tamandaré

Coquetel de frutas vermelhas
Coquetel de frutas vermelhas

Chegando em Barra de Sirinhaém, basta procurar a Monteiro´s Tour (que fica na Rua São Francisco – o novo endereço a partir deste mês de Janeiro é no número 172, no final da praça). As lanchas partem em três horários (às 9h30, 10h e 10h30) e fazem quatro retornos (às 14h30, 15h, 15h30 e 16h). As lanchas têm espaço para até 12 passageiros (é obrigatório o uso de coletes salva vidas) e a travessia dura entre 5 a 7 min. Devido às ondas e à velocidade da lancha, molha bastante, por isso, uma dica é empacotar seus pertences em bolsas impermeáveis ou em sacos plásticos, em último recurso.Como disse, a ilha é privada e tem um limite de visitação de 80 pessoas por dia. Lá tem estrutura de bar, com mesas, cadeiras, sombreiros e cardápio de petiscos e bebidas, com preços justos. Os drinks são o destaque do menu, deliciosos e com uma bonita apresentação. O bar aceita pagamento com cartões de créditos.

Ilha é de formação vulcânica
Ilha é de formação vulcânica

Quando os grupos chegam à ilha, o guia William, que é uma figura engraçadíssima, reúne todos para uma trilha pela ilha (super leve), dar explicações sobre sua origem e história. Ele nos contou que a ilha, que tem 36 hectares, é de origem vulcânica (assim como no Havaí =P) e nos mostrou as rochas que comprovam isso.

Guia William dando explicações aos turistas sobre a ilha
Guia William dando explicações aos turistas sobre a ilha

A ilha tem vários fatos históricos curiosos, já tendo sido ocupada por espanhóis (os primeiros a descobrirem a ilha, em 1527), portugueses, franceses e holandeses. Foi em Santo Aleixo que ocorreu a primeira invasão francesa do Brasil. Nos séculos 16 e 17, a ilha serviu de base para piratas e corsários saquearem a costa pernambucana, em busca, principalmente, do pau-brasil.

Réplica da primeira cruz fincada pelos padres portugueses, no século 16
Réplica da primeira cruz fincada pelos padres portugueses, no século 16

Durante a trilha, nós subimos um pequeno morro, onde está uma cruz, réplica da primeira cruz fincada pelos padres franciscanos portugueses, que celebraram a primeira missa na ilha, em 1531. Até hoje, em Sirinhaém, funciona um Convento Franciscano.

Praia do outro lado da Ilha de Santo Aleixo
Praia do outro lado da Ilha de Santo Aleixo

O tour pela ilha dura uns 30 minutos com pausa para banho na praia que fica do lado oposto de onde chegam as lanchas. William também nos contou que, em algumas épocas do ano, é possível ver tartarugas nadando em volta da ilha.

Ilha de Santo Aleixo
Ilha de Santo Aleixo

Aproveitar o dia em Santo Aleixo é uma delícia e vale a pena reservar um dia de viagem a Porto de Galinhas para visitar a ilha.

Informações:

O passeio custa R$60 por pessoa, ida e volta de lancha (valor de Janeiro de 2017)⁠.

Quem leva?

Monteiro´s Tour

⁠⁠⁠Rua São Francisco, 172, Barra de Sirinhaém

Contato: (81) 98727-0292 (João Pires, gerente geral).

Em Porto de Galinhas, nós nos hospedamos na Pousada Mangueville

Reserve sua hospedagem em Porto de Galinhas

*O Compartilhe Viagens participa de um programa de afiliados do Booking.com, por meio do qual é possível reservar hotéis  com descontos e segurança e ainda ajudar ao blog se manter. Nós recebemos uma pequena comissão e você não paga nada mais por isso.

Alugue um carro para viajar

*O Compartilhe Viagens participa de um programa de afiliados do Booking.com, por meio do qual é possível reservar hotéis  com descontos e segurança e ainda ajudar ao blog se manter. Nós recebemos uma pequena comissão e você não paga nada mais por isso.

O passeio a Ilha de Santo Aleixo fez parte do nosso roteiro da viagem de carro que estamos fazendo do Rio Grande do Norte à Bahia. Acompanhe tudo em nossas redes sociais:

instagram.com/compviagens/

fb.com/compviagens/

Leia o que já escrevemos sobre Porto de Galinhas:

Porto de Galinhas com crianças


Comentários