Subida ao Pico do Cabugi (RN), o único vulcão extinto do Brasil que mantém a forma original

Muita gente acha que no Brasil não tem vulcão, mas tem sim. Todos extintos, claro. Mas o único vulcão extinto do Brasil que mantém a forma original fica no estado do Rio Grande do Norte.  O Pico do Cabugi fica a 141 km de Natal e pertence ao município de Angicos. Aproveitamos que a última sexta-feira (3) foi feriado aqui no RN, e decidimos organizar uma pequena expedição com alguns familiares para subir o Pico, o que há muito tempo já estava na nossa lista.  Veja como foi:

Pico do Cabugi
Pico do Cabugi

Continuar lendo Subida ao Pico do Cabugi (RN), o único vulcão extinto do Brasil que mantém a forma original


Natal fez bonito na Copa. Já sentimos saudades!

Os natalenses acordaram nesta quarta-feira (25), com um misto de tristeza e de alegria. Tristeza porque ontem foi o último dia da Copa do Mundo em Natal e alegria pela sensação de dever cumprido. Apesar de muitos problemas, como as fortes chuvas, que causaram deslizamentos e até desabamentos de casas; greve dos ônibus; protestos e outras questões de infraestrutura, acredito que a capital potiguar fez bonito, sim, como uma das 12 cidades sedes da Copa do Mundo de 2014. Por isso, resolvi escrever um resumão, principalmente para quem não estava na cidade, de como foi a Copa do Mundo em Natal. As fotos maravilhosas que ilustram esse post são do fotógrafo Léo Carioca, que gentilmente autorizou o uso pelo blog. Tem também algumas do nosso arquivo pessoal.

 

Brasileiros e estrangeiros na Fifa Fan Fest Natal
Brasileiros e estrangeiros na Fifa Fan Fest Natal

Continuar lendo Natal fez bonito na Copa. Já sentimos saudades!


Vai ter Copa! Saiba como será o Mundial em Natal-RN

Vai ter Copa, sim! E em Natal, ela começa daqui exatamente uma semana, com a partida entre México X Camarões, às 13h, na Arena das Dunas. Na capital potiguar serão quatro jogos que vão do dia 13 ao dia 24. Segundo dados do Ministério do Turismo, divulgados no último mês, Natal deverá receber 172, 3 mil turistas neste período. A maioria será de brasileiros,  144,3 mil, que não necessariamente irá assistir aos jogos no estádio. Pensando nesses turistas que visitarão a cidade no período mais esperado do ano, por alguns, que preparei este post sobre como será Copa do Mundo em Natal, que também pode ser útil aos natalenses.

Arena das Dunas. Foto: Canindé Soares
Arena das Dunas. Foto: Canindé Soares

Continuar lendo Vai ter Copa! Saiba como será o Mundial em Natal-RN


10 lugares gratuitos ou baratinhos para curtir as férias com as crianças em Natal e RN

*Atualizado em 03 de janeiro de 2018.

O período de férias escolares chegou e com ele a cobrança das crianças, que com todo direito, querem se divertir muito. Para ajudar aos papais, mamães, vovós, vovôs, titias e titios nessa missão de garantir a alegria da criançada sem ir à falência, preparei uma listinha de 10 lugares em Natal e arredores que são gratuitos ou baratinhos e que são super recomendáveis para crianças. Para unir o útil ao agradável, alguns deles são educativos também.

Alguns desses lugares já foram citados no nosso roteiro Natal para turistas e natalenses, mas dessa vez, trago mais detalhes.

Vamos à listinha:

1- Parque das Dunas (Bosque dos Namorados)

Entre os animais que habitam no Parque das Dunas estão os saguis
Entre os animais que habitam no Parque das Dunas estão os saguis

O Parque das Dunas é a segunda maior reserva de Mata Atlântica do país, ficando atrás apenas da Floresta da Tijuca.  Ao todo são 1.172 hectares de floresta que não só embeleza, como é fundamental para a cidade, nos garantindo literalmente sombra e água fresca, com a regulação do clima, purificação do ar e recarga do aquífero subterrâneo.

A entrada do parque fica no Bosque dos Namorados, no bairro de Tirol.  Lá, além de brinquedos, espaço para andar de bicicleta, fazer caminhada e mesinhas de piquenique. Também show gratuito nas tardes de domingos, com o projeto Som da Mata. E duas trilhas: a Peroba e a Perobinha.

Para participar das trilhas que saem 4 vezes por dia, duas pela manhã e duas a tarde, é necessário fazer o agendamento por email parquedasdunas@rn.gov.br.

A taxa é de apenas R$ 1 por pessoa. E as trilhas são feitas em companhia de um guia, normalmente estudante de biologia ou ecologia, e um guarda ambiental.

A Perobinha é um percurso menos de 40 minutos e a Peroba leva em média 1h30 e tem também a Ubaia Doce de 2h30, recomendada para adultos.

No Parque é possível ver alguns bichos da fauna nativa, com destaque para o saguis, macaquinhos, que sempre dão o ar da graça.

Aos domingos pelo manhã, às 10h, acontece o projeto Bosque Encena, com espetáculos infantis de teatro, circo e música. As apresentações estão incluídas no valor do ingresso do parque. Veja o programação na página do projeto no Facebook: https://www.facebook.com/bosqueencena/ 

O horário de funcionamento do parque é de terça a domingo, das 8h às 18h. A entrada do Bosque dos Namorados custa apenas R$1.

Isentos de pagamento: Crianças de até cinco anos, adultos acima de 60 anos, escoteiros uniformizados e escolas públicas (estas devem agendar a visita).

Endereço: Avenida Almirante Alexandrino de Alencar, Tirol.

Telefone: (84) 3201-3985

2- Cidade da Criança

Cidade da Criança reabriu em 2014, depois de passar anos em reforma. O espaço que, marcou a infância de muitos natalenses (inclusive a minha), tem 5 mil metros quadrados e possui lagoa com pedalinho, parque infantil, biblioteca, igrejinha. Por lá, sempre tem programações especiais. A entrada é gratuita para crianças de até 8 anos, a partir disso é cobrada uma taxa de manutenção de R$1.

O horário de funcionamento da Cidade da Criança é de terça a domingo, das 5h às 17h.

Informações: (84) 3232-9757 (telefone passado pela Secretaria responsável, mas parece não estar funcionando).

3- Forte dos Reis Magos

Forte dos Reis Magos. Foto cedida por Canindé Soares
Forte dos Reis Magos. Foto cedida por Canindé Soares

A Fortaleza dos Reis Magos é o marco da fundação de Natal e tem suas particularidades a começar pela forma, um polígono semelhante a uma estrela. O Forte como é mais conhecido foi construído bem no encontro entre o Rio Potengi e o mar.

Dentro da Fortaleza está guardado um marco do descobrimento do Brasil, o chamado marco de Touros.

Além de toda história da Fortaleza que se mistura com a de Natal, o cenário em volta é lindíssimo.

O melhor caminho para chegar até lá é pela Via Costeira, pois de um lado estão as praias da via, os hotéis e as praias urbanas, e do outro o Parque das Dunas.

A Fortaleza dos Reis Magos está aberta a visitação de terça-feira a domingo,  das 8h às 16h. A entrada gratuita.

Telefone: (84) 3211.3820/ 3211.6166

4- Lagoa de Carcará (foto em destaque)

Já escrevi neste post que a Lagoa de Carcará é o Caribe potiguar. Carcará é um dos meus lugares preferidos no Rio Grande do Norte. Com águas cristalinas de tonalidades azul e verde,  areia branca e coqueiros  a lagoa é um verdadeiro paraíso. E para as crianças ainda tem brinquedos com pedalinhos e caiaque.

A Lagoa de Carcará pertence ao município de Nísia Floresta e fica a 43 km de Natal.  O acesso difícil, mas dá para chegar. Indo pelo caminho das praias (Rota do Sol), deve-se seguir pela direita ao chegar à rotatória de Tabatinga, mais a frente haverá uma entrada para estrada de barro, que infelizmente nem sempre estará sinalizada, pois por muitas vezes, as placas são retiradas. A dica é quando vir uma igrejinha no alto de uma propriedade, siga pela pela direita na bifurcação. E depois o jeito é perguntar!

A diversão é garantida e gratuita!

5- Pipa

Praia do Madeiro, Pipa
Praia do Madeiro, Pipa

Nenhum roteiro no Rio Grande do Norte pode deixar Pipa de fora. E as crianças certamente irão adorar a praia que tem muitas opções de lazer. A maioria gratuita ou com preço bem acessível: nadar com golfinhos na Baía dos Golfinhos, fazer trilha no Santuário ecológico, andar de caiaque na Lagoa Guaraíras, ir até o Chapadão de Pipa, aulas de surf, arvorismo e tirolesa.

Não é o ideal, mas é possível fazer um bate-volta Natal-Pipa. A empresa de ônibus que faz a linha Natal-Pipa é a Oceano. Veja os horários e locais de parada: http://www.expresso-oceano.com.br/linhas-inter . O trecho da passagem custa R$ 17.

Todas as dicas sobre Pipa, você lê neste post.

Continue lendo este post:

6- Casa de Câmara Cascudo

“O melhor do Brasil é o brasileiro”. A frase que inspirou campanha realizada há alguns anos para resgatar a autoestima do brasileiro é de Luís da Câmara Cascudo. Intelectual natalense, historiador, antropólogo, advogado, jornalista e considerado o maior ou um dos maiores folcloristas do Brasil, Cascudo preferia o título de professor. Seus ensinamentos estão em mais de 230 obras, mas o seu legado vai além. Câmara Cascudo deixou um riquíssimo patrimônio cultural que pode ser conhecido na casa onde viveu por 40 anos até o dia do seu “encantamento”, como se referia à morte. A Casa Câmara Cascudo fica no bairro da Cidade Alta, no centro histórico de Natal, e está aberta à visitação pública desde 2010.

No casarão de mais de 100 anos, tombado a nível estadual desde 1990, estão os objetos originais de Cascudo, suas coleções museológicas com 700 peças e seu grandioso acervo bibliográfico com 40 mil itens.

A casa foi restaurada com recursos próprios da família, que criou o Ludovicus – Instituto Câmara Cascudo, presidido por sua filha, Ana Maria Cascudo. A família se desfez de alguns bens para angariar recursos para a obra que levou quatro anos.  A decisão por uma instituição privada foi tomada pela família para que história de Cascudo fosse preservada com o maior cuidado possível.

O passeio pelo casarão é acompanhado de guias, que contam a história do sujeito único que foi Cascudo. Os móveis da casa são centenários e a maior parte dos objetos tem histórias peculiares. Estão lá a sua máquina de datilografia, seus famosos óculos “fundo de garrafa”, muitas e muitas lembranças de viagens, as inúmeras comendas e prêmios que recebeu, suas cadeiras de balanço e tudo o que mais gostava e foi reunindo ao longo de sua vida.

Nas paredes estão assinaturas de pessoas que visitavam Câmara Cascudo em sua casa. Cascudo gostava de receber e tinha sua tarde reservada para visitas, pois a noite era dedicada à escrita e a manhã ao descanso. Passaram por lá, presidentes da República, como Juscelino Kubitschek e Café Filho, músicos como Ary Barroso e Heitor Villa-Lobos e muitas personalidades. Mas também muita gente comum. E para todas tinha um espaço nas paredes. Cascudo não gostava de fazer distinção.

Funcionamento: de terça a sexta, das 9h às 17h. A bilheteria funciona até as 16h30. Neste início do mês de janeiro, a Casa está em recesso, mas deve voltar a funcionar na segunda quinzena do mês.

Ingresso: R$ 5,00 – Estudantes com carteira pagam meia-entrada.

Endereço: Avenida Câmara Cascudo, 377, Cidade Alta – Natal

Telefones: (84) 3222-3293/3221-0131

Página oficial: http://www.cascudo.org.br

7- Árvore de Natal de Mirassol

Árvore de Mirassol
Árvore de Mirassol

Às margens da BR 101, no conjunto Mirassol, fica a maior árvore de natal da cidade, com 114 metros de altura. A árvore fica acessa entre o início de novembro e início de janeiro e tem luzes de LED com efeitos variados.

Durante o mês de dezembro, acontece o Natal em Natal, com programação cultural em vários pontos da cidade, inclusive, na Árvore de Mirassol. Lá também tem casa do papai Noel, Feira de Arte e Artesanato e várias opções gastronômicas.

O espaço é aberto ao público e a visita é gratuita. Saiba mais mais sobre a programação natalina aqui: http://www.natal.rn.gov.br/ 

8 – Barreira do Inferno

Apesar do nome, a Barreira do Inferno pode ser sim um lugar interessantíssimo para as crianças. Trata-se de um Centro de Lançamento de Foguetes da Força Aérea Brasileira, o primeiro da América do Sul, em funcionamento desde 1965.

O centro, que fica na Rota do Sol, em direção ao litoral sul, tem museu aberto a visitação gratuita.

Funciona todos os dias, das 8h30 às 15h30.

Telefones: (84) 3216-1400

http://www.clbi.cta.br/

9- Maior cajueiro do Mundo

Cajueiro de Pirangi
Cajueiro de Pirangi

A árvore atualmente possui uma área em torno de 10.000 m², o que equivale a cerca de 100 árvores de porte normal. E se não fossem os limites seu crescimento estima-se que ele já poderia ter alcançado uma área de 40.000 m², pois seu desenvolvimento está a pleno vapor.

No entanto, uma das principais atrações turísticas do Rio Grande do Norte é motivo de uma eterna polêmica de quem é contra e a favor da poda do cajueiro, que tem de um lado, ambientalistas e as famílias que tiram o sustento da atração, que temem que a poda possa levá-lo a morte, e do outro, parte da população que se sente prejudicada com o avanço da árvore para a rodovia, o que gera enormes congestionamentos durante o verão, e também proprietários de casas e equipamentos turísticos ao seu redor que temem terem perder seus espaços para dar lugar ao crescimento do cajueiro.

Cajueiro de Pirangi, visto do alto
Cajueiro de Pirangi, visto do alto

O Cajueiro de Pirangi, segundo os antigos, tem entre 110 e 120 anos. E o seu crescimento extraordinário deve-se a uma anomalia, chamada de fitoteratológica.  Diferente dos cajueiros convencionais, o Cajueiro de Pirangi não tem apenas um tronco. Do tronco original saíram dezenas de galhos que, posteriormente, se transformaram em troncos, porém todos eles dependem do tronco principal.

O Maior Cajueiro do Mundo foi registrado como tal no Guiness Book em 1994. Sua produção anual gira entre 70 a 80 mil cajueiros, o que corresponde a 2,5 toneladas. Para quem deseja saborear os frutos do cajueiro, o período de safra vai de novembro a janeiro. Aos visitantes é permitido colhê-los com as mãos.

Na área do Cajueiro de Pirangi há lojas de artesanatos e um mirante de onde se tem uma visão panorâmica da árvore. Há também guias preparados para contar a história do famoso cajueiro.

A visitação ao Maior Cajueiro do Mundo pode ser feita diariamente das 7h30 às 17h30.

Entradas:

Adulto inteira: R$8 (inclui guia do cajueiro)
Crianças entre 7 e 12 anos, Estudante c/ carteira e idosos: R$ 4,00
Criança abaixo de 6 anos não paga.

 Telefone: (84) 98169-6626

10- Planetário

O Planetário de Parnamirim é o único do estado e o terceiro da região Nordeste.   O lugar conta com 53 cadeiras ao redor de um aparelho semelhante a um semi-globo, que reproduz as imagens do céu geradas pelo computador na cúpula central da sala. O Planetário é filiado a rede internacional de planetários da Sociedade Planetária.

O Planetário está aberto a visitação de terça à sexta-feira, através de agendamento prévio para sessões escolares e apenas na primeira sexta-feira do mês com sessões públicas das 15h e às 17h. No entanto, neste mês de janeiro, não terá sessão pública na primeira sexta, pois a responsável pela visita está de recesso. Na segunda quinzena, eles irão divulgar uma programação especial de férias.

Todas as sessões contam com a participação de um professor astrônomo.

Entrada: R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia)

Grupos de turistas e de escolas devem providenciar o agendamento pelos telefones: (084)3643-3931/3645-2023 ou pelo email planetario@parnamirim.rn.gov.br

Endereço:  Avenida Castor Vieira – Bairro Cohabinal, Parnamirim. A rua é paralela à BR 101 no sentido sul.

http://planetario.parnamirim.rn.gov.br/

Espero que tenham gostado das dicas e que possam se divertir com elas. Quem tiver mais sugestões, por favor, pode deixar nos comentários!!

Quer viajar para Natal? Confira estas promoções que encontramos para você!

Rota 84: todas as dicas sobre Natal e Rio Grande do Norte reunidas

Olá, viajantes!!

Estou muito feliz em divulgar para vocês que o Guia Rota 84 – Natal e Rio Grande do Norte já está no ar!! O site (www.rota84.com.br) é um desdobramento do Compartilhe Viagens em parceria com o jornalista Tulius Tsangaropulos. Nele vocês vão encontrar tudo sobre as  atrações turísticas do RN. O Rota 84 tem também parceria com o maior guia cultural do estado, o Solto na Cidade, e com o fotojornalista, Canindé Soares, autor do livro Natal por Canindé Soares, que reúne as fotos mais lindas da Cidade do Sol.

O lançamento do site é apenas a primeira etapa do projeto, que em breve lançará o aplicativo para plataformas móveis que irá atender o turista moderno, cada vez mais utilizador das novas tecnologias e dos novos aparelhos para pesquisar sobre cidades e seus pontos turísticos; interagir com outros usuários; ter a possibilidade de comentar, classificar e indicar atrações e estabelecimentos; e compartilhar suas preferências com outros internautas.

Modéstia a parte, o Rota 84 ficou muito lindo!! O desenvolvimento do site ficou por conta de Fred Santos e os textos são meus e de Tulius. Corre lá e saiba tudo que o RN tem a oferecer!  


Praia de Genipabu (RN) ganhará projeto de urbanização

Olá viajantes,

Genipabú. Foto Canindé Soares
Genipabú. Foto Canindé Soares

Recebi uma boa notícia do ex-secretário de Turismo de Natal, Fernando Bezerril, com que tive a honra de trabalhar, e que atualmente ocupa a Secretaria de Turismo de Extremoz, município onde fica a famosa praia de Genipabu ou Jenipabu, como preferirem.

A novidade é que a praia irá ganhar uma grande obra de urbanização para garantir uma melhor estrutura a turistas e banhistas que frequentam uma das praias mais famosas do Rio Grande do Norte.

Abaixo a notícia publicada no blog Extremoz Press RN, que me foi enviada por Bezerril:

Continuar lendo Praia de Genipabu (RN) ganhará projeto de urbanização


Serra de Martins (RN): viajando de motocicleta

 Olá viajantes!

Nem só de sertão e litoral é feito o Rio Grande do Norte. Em meio a tantas belezas do  estado, as regiões serranas ganham um charme especial, pois são as únicas que oferecem uma possibilidade (ainda que em algumas épocas do ano) de sentir um friozinho bom, além dos seus lindos cenários. E a mais famosa delas é sem dúvida a Serra de Martins, que fica a 650 metros de altitude e a 362km de Natal. O roteiro foi enviado pelo analista de TI, Édipo Elder, um apaixonado por motocicletas. Ele compartilha com a gente, o roteiro que ele fez com o motoclube B-17 para participar do encontro Encontro Hiran Xavier de Motociclismo. As belas fotos são da sua namorada, Pâmela Sabrina.

Continuar lendo Serra de Martins (RN): viajando de motocicleta


Roteiro: Natal (RN) para turistas e natalenses

Olá viajantes!

Hoje trago para vocês um post especial para encerrar a semana do primeiro mensário do blog.

Sou filha de um guia de turismo, que há mais de 15 anos tem a missão de apresentar à turistas de todo o Brasil as belezas de Natal e do Rio Grande do Norte. Meu pai, Carlos Eduardo, ou Carlinhos como é mais conhecido, é bacharel em Turismo e Guia por verdadeira vocação. E esse gosto dele pelo trabalho e pela cidade despertou desde cedo em mim o interesse em conhecer aqueles lugares visitados normalmente por turistas, mas na maioria das vezes desconhecidos pelos potiguares. Da mesma forma quando viajo, procuro conhecer não só lugares turísticos, mas também os frequentados pelos locais.

E como disse essa semana, o blog tem sido visto por pessoas de quase todos os estados do Brasil e em mais de 18 países. Pensei então, porque não preparar um roteiro, sobre a minha linda Natal que pudesse servir a turistas e natalenses? Listei aqui junto com Carlinhos, alguns dos meus lugares preferidos na cidade e no litoral do estado que merecem ser visitados. Mas como tudo no Compartilhe Viagens é feito a várias mãos, espero a colaboração de vocês natalenses para ampliar esse roteiro, dando suas dicas nos comentários abaixo. O roteiro pode ser feito em 8 dias.

As fotos belíssimas que ilustram esse post são do grande fotógrafo Canindé Soares. Apenas as de Barra de Cunhaú e Baía Formosa são minhas.

 

Continuar lendo Roteiro: Natal (RN) para turistas e natalenses