Onde comer e beber em Gramado e Canela

Uma viagem para Gramado e Canela só se torna completa com uma boa experiência gastronômica. Não faltam nas duas cidades bons lugares para comer e beber, o mais difícil será escolher. Durante o encontro de #BlogueirosemGramado*, conhecemos alguns desses lugares, que até já citei no post com o Roteiro de 4 a 6 dias em Gramado e Canela e, agora, vou listar e apresentar melhor cada um deles aqui.

Para comer

Garfo e Bombacha

Noite gaúcha na Garfo e Bombacha
Noite gaúcha na Garfo e Bombacha

Para uma noite gaúcha, com direito a comida farta, e uma apresentações de culturais com músicas e danças tradicionais, fomos à Churrascaria Garfo e Bombacha, que fica em Canela.

A Garfo e Bombacha é uma churrascaria com quase 30 anos. O espaço é enorme, todo em madeira com uma decoração bem tradicional. Tem até lareiras para aquecer nas noites mais frias, uma sala do chimarrão para quem quiser provar a bebida gaúcha e na Farmácia Campeira, tem cachaças para degustação.

O buffet é livre, com churrasco e várias opções de acompanhamento (tinha bastante coisa, mesmo para mim, que não como carne). Na Noite Gaúcha, a casa tem shows com música ao vivo e danças que fazem parte da tradição gaúcha, como a chula, o chote, o vaneirão, a dança do pau de fita e outras, bem bonito.

A Noite Gaúcha com jantar show sai por R$ 179,00 por  pessoa (das 20h às 23h30, 21h música ao vivo e 21h30 Show Gaúcho). Existe também a opção do almoço com o show, que sai por R$ 110 (das 12h às 15h, show às 13h30). E só o almoço custa R$ 80. Neste fim de ano tem ainda a Noite Gaúcha Natalina e a Ceia de Réveillon.

Garfo e Bombacha: RS 466 – km 2, Canela

Café Colonial

Mesa do Café Coelho Colonial
Mesa do Café Coelho Colonial

Outra tradição gastronômica de Gramado e Canela são os cafés coloniais. São casas onde você paga um valor fixo e pode comer à vontade deliciosas comidas de receitas alemãs e italianas. O legal é que possível ir como um brunch, almoço, lanche ou jantar. Mas como é muuuita comida, recomendo ir em horários intermediários porque você aproveita como duas refeições. =)

Nós fomos no Café Coelho, que fica na Av. das Hortências, em Gramado, e oferece mais de 80 opções , entre doces e salgados. Eles colocam uma mesa super farta e ainda vão repondo à medida que você vai comendo. E você pode comer à vontade e sem pressa.

De bebidas para acompanhar tem vinho branco seco, tinto suave, suco de uva, café, chás, leite, chocolate quente, chocolate gelado. Mas não acaba por aí, tem ainda um bufê de sobremesas com mais de 10 tipos de tortas e também fondue com frutas.

O Coelho Café  funciona de segunda à sexta, das 11h às 21h, sábados das 10h30 às 21h30 e domingo, das 10h30 às 20h45.O valor por pessoa é R$ 72, mas comprando online (http://cafecoelho.com.br/) você pode encontrar por um valor promocional de R$ 64, 90. Crianças até 5 anos não pagam.

Café Coelho: na Av das Hortências, 5433

Se tiver com um grupo grande é interessante agendar: reservas@cafecoelho.com.br.

Fondue no Colosseo

Para uma noite de jantar mais requintada, uma boa opção é o  restaurante Colosseo, especializado em fondues. O cardápio tem outras opções que vão de risotos, frutos do mar, aves, carnes exóticas, massas e etc.

Nós degustamos a sequência de fondues, que incluiu fondue de vegetais, de frutas, carnes (de vários cortes e com diversos molhos de acompanhamento), e de chocolate, que é acompanhado de diversas frutas.

O Colosseo tem um ambiente sofisticado e tem música ao vivo no piano.  O restaurante também conta com uma carta de vinhos bem diversificada, inclusive, com rótulos de diversos países, além de outros tipos de bebidas.

Restaurante Colosseo: Av. das Hortênsias, 1560 – Centro, Gramado

Fábrica de Chocolates e Mundo do Chocolate

Torre Eiffel no Mundo de Chocolate, Gramado
Torre Eiffel no Mundo de Chocolate, Gramado

As fábricas de chocolate artesanal são atrações imperdíveis em Gramado. Visitamos a fábrica da Lugano, onde recebemos uma breve explicação do processo de fabricação do chocolate e também pudemos ver a fábrica através de um aquário.

Depois, fomos também no Mundo do Chocolate, um museu onde todas as peças são de chocolate! São mais de 200 peças que levam um visitante a fazer uma viagem. Tem as pirâmides do Egito, o Taj Mahal, a Torre Eiffel, canais de Veneza e a Muralha da China. As esculturas chegam a mais de 4 metros de altura e, juntas, chegam a pesar 30 toneladas de chocolate. A Torre Eiffel é a mais impressionante com 4,22 metros e 800 kg de chocolate.

Lá também tem um espaço onde é possível degustar os chocolates Lugano e até brincar de ser chef por um dia, criando sua própria versão de chocolate.

A visita é feita com um áudio guia que conta a história do Sr Suisse e sua neta Avelã, moradores de uma fábrica de chocolate, na cidade de Lugano, na Suíça. Na história, o avô conta a história de outros países para a menina, criando as paisagens de chocolate.

Loja da Lugano, no Mundo do Chocolate
Loja da Lugano, no Mundo do Chocolate

O Mundo do Chocolate funciona de segunda à quinta, das 09h30 às 20h, sextas e sábados, das 09h30 às 21h30 e domingos, das 09h30 às 20h.  O ingresso adulto custa R$ 35 e o infantil R$ 28.

No mesmo prédio do Mundo do Chocolate fica o  Café et Patisserie, que tem no cardápio pratos à la carte, salgados e doces e também opções para lanches e sobremesas, que podem ser acompanhadas de um café o chocolate quente. A loja da Lugano funciona no mesmo espaço e lá você pode degustar e comprar mais chocolates.

Mundo do Chocolate: Avenida Borges de Medeiros, 2497

Empório Canela

Empório Canela
Empório Canela

Em Canela, um restaurante muito bom, que funciona também como livraria, lojinha e tem até um quê de museu é o Empório Canela Sabores & Achados, fica na rua principal, Felisberto Soares, próximo da Catedral.

O ambiente é dividido em vários pequenos cômodos, muito aconchegantes, com uma decoração muito criativa, com vários objetos de época. Logo na entrada funciona a lojinha, livraria, que tem livros novos e também usados, inclusive, o cliente pode até escolher um disco para colocar na vitrola para tocar.

O cardápio é bem gourmet, assinado pela chef Roberta Rech, com prato individuais, bem deliciosos. Tem também algumas opções para tomar café e lanchar. Os preços não são tão barato, mas não é muito diferente dos outros restaurantes de Gramado e Canela. Os pratos principaisindividuais, por exemplo, começam em R$ 38,90 e vão até R$ 62,90.

O restaurante tem uma carta bem variada de cervejas (são mais de 80 opções) e vinhos, de várias nacionalidades.

O Empório Canela funciona todos os dias, exceto terça-feira, das 11h30min às 23h.

Rua Felisberto Soares, 258 – Centro, Canela – RS

Continue lendo este post:

Para beber

Vinícola Ravanello

Vinícola Ravanello
Vinícola Ravanello

Quem visita as Serras Gaúchas e aprecia vinho, certamente gostaria de visitar uma vinícola. Em Gramado visitei a  Vinícola Ravanello, que fica a 7 km do centro de Gramado, em frente ao o Snowland.

A propriedade é muito bonita, e apesar da vinícola ter apenas 7 anos, o casarão tem um estilo colonial. A vinícola oferece visita guiada de segunda a sábado, às 10h, 11h, 14h, 15h e 16h, onde é possível conhecer um pouco da história da Ravanello, passear pelos vinhedos e também aprender sobre todo o processo de produção, vendo de perto os tanques de aço inoxidável e os barris de carvalho francês.

A visita guiada inclui a degustação de 3 vinhos, todos deliciosos. Quem me acompanhou na  visita, que tem 1 hora de duração, foi o Sommelier Leonardo Flores. E os vinhos degustados foram: espumante Brut; Merlot clássico 2011 e Cabernet Premium 2012. A visita guiada custa R$ 35 por pessoa.

Ao final, você também pode comprar algumas garrafas na loja.

Lembre-se de agendar o seu horário com antecedência pelo vinicolaravanello@vinicolaravanello.com.br, ou pelos telefones 54 9668 6400 ou 54 9668 6495.

Cervejaria Rasen

Chopps degustação da Rasen Bier
Chopps degustação da Rasen Bier

Além da visita a vinícola, recomendo também a visita a uma cervejaria. Nós fomos na  Rasen Bier, cerveja com fabricação em Gramado. Em alemão, Rasen significa gramado ou jardim.

Guilherme, um dos proprietários da cervejaria, nos mostrando alguns ingredientes da cerveja, durante a nossa visita
Guilherme, um dos proprietários da cervejaria, nos mostrando alguns ingredientes da cerveja, durante a nossa visita

A empresa começou suas atividades 2006 com o desenvolvimento do produto e da marca, mas o primeiro produto só foi lançado em dezembro de 2008.

Na visita à fábrica, aprendemos sobre o processo de fabricação da cerveja, as matérias primas usadas e os rótulos da marca, que são Pilsen, Dunkel, Ambar Ale e Weizen.  Em algumas datas comemorativas, como na Semana Farroupilha e no Natal, a Rasen também lança alguns rótulos sazonais.

A fábrica pode ser visitada de segunda a sábado, das 9h às 11h e das 14h às 17h. E para o domingo é necessário consultar disponibilidade. Depois da visita é feita à degustação no bar da Rasen, que fica ao lado da fábrica.

As visitas podem ser de 3 tipos: Standart que inclui a degustação de chopp Pilsen de 300 ml (R$ 15), Premium com degustação de 5 tipos de chopp de 100 ml cada (R$ 19,90) e a Super Premium com degustação de 7 tipos de chopp de 100 ml cada (R$ 24,90).

Para acompanhar as cervejas, no bar também tem algumas opções de comida alemã, como pretzel, currywurst e algumas opções de salsichas e linguiças alemãs.

Cervejaria Rasen: Rua Cândido Godoy, 82

Ice Bar

No trono de gelo do Ice Bar, fazendo a Stark! =)
No trono de gelo do Ice Bar, fazendo a Stark! =)

Uma opção de bar diferente em Gramado é o Ice Bar Boreal, que fica no subsolo do Café da Lugano. Tudo no bar é de gelo, são 20 toneladas de esculturas de gelo, inclusive, a mesa de sinuca é de gelo.

A temperatura é sempre abaixo de zero e pode chegar até – 16°C. O ingresso dá direito a roupa: calça, casaco com gorro e bota e também uma bebida cortesia, que é servida em um copo de gelo também. A entrada de crianças é permitida e, no caso, delas é oferecido um suco.

Com a temperatura abaixo de zero é difícil conseguir ficar muito tempo no bar de gelo, então o Ice Bar tem tem outro espaço mais aquecidinho, com temperatura ambiente. Atenção, devido ao frio, celulares e câmeras podem travar ou embaçar, mas com um tempo, voltam ao normal.

O ingresso para adulto é R$ 28 e para criança R$ 16. Como ficam no mesmo prédio, existe um combo Ice Bar + Mundo de Chocolate por R$ 52 para adultos e R$ 28 crianças.

Ice Bar:  Av. Borges de Medeiros, 2497

Toro

Sanduíches do Toro
Sanduíches do Toro

Para fechar o roteiro, recomendo o Toro,  um bar, restaurante, especializado em hamburgues artesanais. O ambiente é muito bacana, com uma decoração bem descolada, que depois soube que foram usados objetos que pertenceram aos avós dos proprietários, que são de origem alemã e italiana. Os garçons também são todos bem estilosos.

O restaurante tem música ao vivo, normalmente, jazz, soul, blues e tango, nas quartas-feiras, e quando estivemos lá estava tocando uma banda muito boa.

Os sanduíches são personalizados, o cliente escolhe, entre as opções, o tipo de carne e o ponto, o molho, o pão e dois tipos de acompanhamentos.

No cardápio não tem opção vegetariana, mas pedi e eles fizeram um sanduíche delicioso, com chips de polenta frita, de acompanhamento, que nunca pensei que fosse ser tão gostosa. No cardápio também tem opção kids.

Ambiente do Toro
Ambiente do Toro

Para beber tem cervejas artesanais, capirinhas e  também drinks deliciosos.

O restaurante funciona terças, quartas, quintas e domingos, das 19h às 23h45 e sextas e sábados, das 19h à 1h.

Toro: Av. das Hortênsias, 804 – Planalto

O Blogueiros em Gramado foi organizado pela Francine Agnoletto, do Viagens que Sonhamos,  com a realização da Prefeitura de GramadoGramado Canela Convention & Visitors BureauBrocker Turismo e o Master Premium Gramado.

Outros blogueiros que participaram do encontro: Renata Campos, do RêVivendoViagens; Cláudia Rodrigues, do Felipe, o Pequeno Viajante; André Morato, Meu Destino; Fernanda Scafi, Tá indo pra onde?; Cris Stilben, Cris pelo Mundo; Ledinara Batista, Férias Now; Talitiane Ferreira, Mundo dos Viajantes; Thais Moura; Love and Travel.

 


Serras Gaúchas: Um passeio por Gramado, Canela e Nova Petrópolis

Olá viajantes,

O texto de hoje foi escrito não por uma, mas por duas viajantes, as irmãs Mara e Marília Nogueira de Castro. Mara é psicóloga e técnica de turismo e vive hoje em Amsterdã (HOL), Marília é advogada e mora em Natal. As duas fizeram uma viagem de quatro dias pela encantadora região das Serras Gaúchas e conta tudo para a gente.Se você sempre sonhou em conhecer Gramado, Canela e Nova Petrópolis ao ler esse texto, vai ter vontade de fazer as malas e ir direto para lá! Está imperdível!

Continuar lendo Serras Gaúchas: Um passeio por Gramado, Canela e Nova Petrópolis