Jericoacoara: dicas para organizar sua viagem, orçamento e roteiro para 3 dias

Jericoacoara está entre os destinos de praia mais desejados do Brasil. Por ser um Parque Nacional, Jeri tem algumas particularidades, que precisam ser levadas em consideração no planejamento da viagem. Viajamos para Jeri no início deste ano com os nossos sobrinhos, de 10 e 13 anos, e compartilho com vocês dicas para organizar uma viagem para lá, com ou sem crianças, o nosso orçamento e ainda sugestão de roteiro para 3 dias.

<strong>Continue lendo este post:</strong>

Como chegar

Jericoacoara fica a 300km de Fortaleza. A vila fica em uma área de dunas e, por isso, para chegar lá só de buggy ou carro com tração nas 4 rodas. Para quem vai de carro de passeio sem tração nas 4 rodas é possível estacionar em Jijoca (existem vários estacionamentos) e lá pegar uma jardineira D-20 até Jericoacoara. O trecho Fortaleza – Jijoca, pela CE-085, que está em melhores condições que a BR 222, dura em média, 4h30. De Jijoca até Jericoacoara em D-20 são mais 40 minutos.

Jericoacoara
Jericoacoara

O estacionamento em Jijoca custa entre R$ 10 e R$ 15 a diária. O trecho Jijoca – Jericoacoara em D-20 sai por R$ 15 por pessoa. Quem quiser fazer o trecho de Jijoca – Jericoacoara em Hilux privada para até 4 pessoas irá pagar cerca de R$ 100. Ainda existe uma opção de contratar um guia para levar o carro de passeio até Jeri. Nesse caso, eles secam um pouco os pneus do carro e cobram em torno de R$ 80 para levar o carro. Eu não recomendo esta opção, pois além de um risco para o carro, em várias áreas do parque nacional não é permitida a circulação de carros comuns.

Para quem chega de avião em Fortaleza e não quer alugar carro, existem as seguintes opções de transporte  Fortaleza => Jericoacoara:

Opção 1 – transfer compartilhado em Hillux (lotação 4 pessoas), que faz o trecho completo Fortaleza x Jeri, sem a necessidade de troca de carro. Preços em torno de R$ 150,00 por pessoa, deixando na porta do hotel ou pousada (você pode pedir indicações ao hotel). Cerca de 4 horas de viagem.

Opção 2 – agência de turismo, que faz o trecho Fortaleza => Jijoca em ônibus/microonibus/van, trocando para um veículo D-20 em Jijoca (o próprio hóspede tem que levar a sua bagagem do ônibus para a  jardineira). Trecho Jijoca x Jeri em D-20, deixando na porta do hotel ou pousada. Cerca de R$ 80,00 por pessoa. Saída do aeroporto de Fortaleza diariamente às 6h e de hotéis da Beira-Mar por volta das 7h da manhã. Cerca de 6 horas de viagem.

Opção 3 – ônibus da Fretcar, que faz o trecho Fortaleza => Jijoca em ônibus executivo, trocando para jardineira em Jijoca (o próprio hóspede tem que levar a sua bagagem do ônibus para a jardineira). Trecho Jijoca x Jeri em jardineira. Descida na agência da Fretcar em Jeri e deslocamento a pé até o hotel ou pousada. Cerca de R$ 76,00 por pessoa. Compra pela internet no site www.fretcar.com.br. Saídas do aeroporto às 7h, 15 e 18h. Cerca de 7 horas de viagem.

As mesmas opções são válidas para o retorno.

No nosso caso, fomos em nosso carro, saindo desde Natal. Se fôssemos direto seriam quase 12h de viagem. Como estávamos com duas crianças, fizemos a viagem em dois dias. Na primeira noite, dormimos em Mossoró e no dia seguinte fizemos a viagem de Mossoró – Jericoacora. Na volta, dormimos uma noite em Fortaleza, e no dia seguinte, fizemos Fortaleza – Natal. Para quem tiver mais tempo, pode dividir a viagem em 3 dias.

<strong>Continue lendo este post:</strong>

Onde ficar

Jericoacoara é muito visitada o ano todo. Existem várias opções de hospedagem, desde hostels a hotéis luxuosos. Os preços costumam ser altos, comparando com outros destinos nacionais. Por isso, é importantíssimo fazer a reserva com antecedência. Algumas pessoas ficam hospedados em Jijoca. Mas recomendo ficar em Jericoacoara, pois Jijoca não tem o charme da vila.

Veja opções de hospedagem em Jericoacoara.

Os preços em Jeri são muito variáveis, conforme a escolha do tipo de hospedagem. Mas uma cama em hostel custa em torno de R$ 50 a diária. Nós nos hospedamos em uma pousada na rua Principal e pagamos R$ 260 a diária para casal + 2 crianças.

Nosso quarto na pousada Casa Strella
Nosso quarto na pousada Casa Strella

<strong>Continue lendo este post:</strong>

O que fazer – Nosso roteiro de 3 dias

Dia 1

Chegamos em Jeri por volta das 15h (o check-in era a partir das 14h). Almoçamos e depois passamos a tarde na praia. Como o tempo estava fechado, o pôr do sol foi bem tímido e vimos da praia mesmo. À noite, saímos para jantar e passear pela rua Principal e do Forró, fazendo um reconhecimento da vila.

Fim de tarde nublado na praia de Jericoacoara
Fim de tarde nublado na praia de Jericoacoara

Dia 2

Como o tempo tinha amanhecido ensolarado, fizemos o passeio de buggy (Leste), que incluí as famosas lagoas do Paraíso e Azul, a praia do Preá, a Árvore da Preguiça e a Pedra Furada.

Lagoa do Paraíso
Lagoa do Paraíso

O passeio dura, em média, 5 horas, das 9h às 14h, e nele é possível conhecer as principais atrações de Jeri. Pagamos R$ 280 para os 4. Mas os preços variam entre R$ 250 e R$ 300, dependendo da época, baixa ou alta estação.

Na volta do passeio, ficamos mais um tempo na praia. E à noite, jantamos na rua Principal.

Dia 3

Quem quiser, pode fazer nesse dia o passeio de buggy (Oeste) que vai para a vila de Tatajuba, passa pela praia de Mangue Seco e atravessa o rio Guriú. Nessa rota, é oferecido passeio extra para ver cavalos marinhos e é possível alugar uma prancha para descer de esquibunda. O passeio de buggy para Tatajuba fica em torno de R$ 250 para 4 pessoas. Nós não fizemos esse passeio, por isso, não posso dar mais detalhes.

Nosso sobrinho, Serginho, no Stand up Paddle
Nosso sobrinho, Serginho, no Stand up Paddle

Nesse dia, alugamos uma prancha de Stand up Paddle, por R$ 40 (1 hora), que dividimos entre nós quatro.

À tarde, finalmente, conseguimos ver o famoso pôr do sol de Jericoacoara. Subimos a Duna do Pôr do sol 1h30 antes e as crianças se divertiram brincando na duna.

Nossa sobrinha, Maria Clara, brincando na duna do Pôr do Sol
Nossa sobrinha, Maria Clara, brincando na duna do Pôr do Sol

Na volta da duna, já paramos na rua Principal para jantar. À noite faltou energia (problema comum quando a vila está lotada), mas por sorte já estávamos na pousada.

Mesmo com a falta de energia, os restaurantes de Jeri continuam funcionando, à luz de velas.

No quarto dia, saímos logo depois do café da manhã para conseguir pegar a D-20 para Jijoca. O macete é procurar um dos carros, que saem da rua São Francisco (mas conseguimos na rua Principal) e pedir para o motorista parar na sua pousada para pegar a bagagem.

<strong>Continue lendo este post:</strong>

Quanto custa

Como vocês sabem, quase sempre viajamos de maneira econômica, mas com crianças ficam mais difícil. Vamos aos principais custos da nossa viagem:

Hilux particular para 4 pessoas Jijoca – Jericoacoara: R$ 100

Estacionamento Jijoca: 3 diárias X R$ 10 = R$ 30

Hospedagem (pousada com quarto e banheiro privativo para casal + 2 crianças, tv, ar condicionado e frigobar, café da manhã): 3 diárias X R$ 260 = R$ 780

Refeições: entre R$ 70 e R$ 120 cada refeição para os 4 (self-services, restaurantes à la carte, pizzarias)

Passeio de buggy: R$ 280 para os 4 (preço varia entre R$ 250 a R$ 300, dependendo da estação)

Aluguel de Prancha de Stand up Paddle: R$ 40 (1 hora)

D-20 Jericoacoara – Jijoca: R$ 15 por pessoa

Não incluí aqui os gastos com gasolina de Natal a Jijoca, nem outros gastos, como lanche e água.

Valores de janeiro de 2016.

Quer viajar para Jericoacoara? Confira estas promoções que encontramos para você!

Reserve sua hospedagem em Jericoacoara

 


Pôr do sol em Jericoacoara

Um dos charmes de Jericoacoara, no Ceará, é o pôr do sol no mar. Todas as tardes, os turistas se reúnem na famosa duna do Pôr do sol para admirar esse espetáculo da natureza, com direito a palmas no final. Estivemos em Jeri por três noites, chegamos em um dia chuvoso e só no nosso último dia conseguimos assistir ao crepúsculo. Veja como foi:

Continuar lendo Pôr do sol em Jericoacoara


Passeio de Buggy em Jericoacoara, Ceará: Passeio de Buggy em Jericoacoara: Lagoas do Paraíso e Azul, Praia do Preá, Árvore da Preguiça e Pedra Furada

Em Jericoacoara, no Ceará, a melhor maneira de conhecer as principais atrações é fazendo um passeio de buggy. O mais tradicional é o passeio pelo Leste, que incluí as famosas lagoas do Paraíso e Azul, a praia do Preá, a Árvore da Preguiça e a Pedra Furada. Fizemos o passeio na viagem que fizemos com nossos sobrinhos, no último fim de semana, e eles adoraram. Conto como foi neste post.

Continuar lendo Passeio de Buggy em Jericoacoara, Ceará: Passeio de Buggy em Jericoacoara: Lagoas do Paraíso e Azul, Praia do Preá, Árvore da Preguiça e Pedra Furada


Quartas de final do Brasil em Fortaleza: nós fomos!

No jogo das oitavas de final do Brasil contra o Chile, quando o juiz apitou o final do jogo, literalmente chutei o balde (com as latinhas de cervejas bebidas) e gritei: vou para Fortaleza! Eu não tinha ingresso, fazia uma semana que tentava. Mas agora estava decidido. Fred (marido e não o jogador) e eu fizemos plantão no site da Fifa até que na madrugada da quinta-feira, véspera do jogo, conseguimos. Claro que, antes, não podia faltar um momento de tensão: então, o site da Fifa caiu bem na hora de processar o pagamento. Mas por um milagre, quando voltou, nossos ingressos tinham sido comprados.  Não me contive de emoção e sambei sem música! haha E foi assim que fomos parar nas quartas de final do Brasil em Fortaleza!

No Castelão assistindo Brasil X Colômbia
No Castelão assistindo Brasil X Colômbia

Continuar lendo Quartas de final do Brasil em Fortaleza: nós fomos!