Olá viajantes!

No meu post sobre Natal e praias vizinhas, deixei propositalmente de fora, a praia de Galinhos. O lugar é tão lindo e especial que merece um post só dele. A pequena vila de pescadores tem um charme especial por ficar em uma península que faz as vezes de ilha quando a maré está cheia. E é sobre ela o meu post de hoje, uma boa sugestão para quem está precisando relaxar.  Algumas fotos são minhas, mas as mais bonitas, é claro, são do mestre Canindé Soares.

Boa viagem!

Galinhos (RN) por Karla Larissa

Sem dúvidas, Galinhos é um dos lugares mais paradisíacos do Rio Grande do Norte. O município a 160 km ao norte de Natal está situado em uma pequena península e tem uma população em torno de dois mil moradores. E foi este, o nosso local escolhido para comemorar o Dia dos Namorados em 2011. O cenário perfeito para a data.

O acesso a Galinhos só pode ser feito de barco ou de bugue e veículo 4X4, mas só quando a maré está baixa e indo pelas dunas. Como meu carro está longe de ser um 4X4, saímos de Natal pela BR 406, em direção a Ceará Mirim, João Câmara e Macau. Cerca de 15 km após o município de Jandaíra entramos no desvio para Galinhos, e depois seguimos mais 25 km até chegar ao Porto de Pratagil, onde deixamos o nosso carro estacionado para pegar o barco até Galinhos. O estacionamento pertence à  Prefeitura de Galinhos, é gratuito e tem vigilância 24 horas.

A travessia tem duração média de 10 minutos e o transporte feito pelo barco custa apenas R$ 2 por pessoa, com saídas a partir das 6h até às 18h. A noite sai por R$ 3, das 18h às 22h.

Ficamos hospedados no Chalé Oásis, após fazermos as reservas por email. A pousada é bem charmosa e tem um clima muito zen. Os chalés levam o nome de Vênus, Estrela, Lua, Nuvem. E a suíte máster o nome de Júpiter. Com exceção da suíte, os chalés têm pouco luxo, apenas cama king size, ar condicionado, chuveiro elétrico e internet wi-fi. Nada de Tv ou frigobar. Quem quiser assistir Tv, tem que ir para a sala de convívio. Mas sair de casa para ver tv, não é comigo. Então, fomos ao nosso primeiro passeio.

Nosso quarto no Chalé Oásis
Nosso quarto no Chalé Oásis

Em Galinhos, além dos bugues, não há carros, apenas charretes. Isso mesmo! Fomos fazer um passeio de charrete pela orla até Galos, uma vila vizinha, onde paramos para almoçar. Na volta, seguimos pelo outro lado da orla até o farol de Galinhos. Confesso que foi uma experiência diferente e que seguir numa charrete com um cavalo algumas vezes desembestado, pode ser um pouco desconfortável. Quem não estiver disposto, pode optar em fazer o passeio de bugue, é mais caro, mas mais confortável, além de ser mais extenso, levando até as dunas.

Passeio de Carroça
Passeio de Charrete

Nossa vista durante o passeio de charrete

Farol de Galinhos
Farol de Galinhos
Cenário em frente ao Chalé Oásis
Cenário em frente ao Chalé Oásis
Gastoa, o papagaio fêmea da Pousada
Gastão ou Gastoa, o papagaio da Pousada

À noite, nosso jantar do Dia dos Namorados foi na Pousada Amagali, que tem uma proposta diferente do Chalé Oásis. O jantar à luz de velas artificiais e, tudo mais, estava maravilhoso.

Restaurante da Pousada Amagali
Restaurante da Pousada Amagali

No dia seguinte, quando fizemos amizade com os outros casais que estavam hospedados no Chalé, descobrimos que eles não tiveram tanta sorte quanto nós e acabaram jantando pão com mortadela na padaria de Galinhos, por acharem que não tinham outra opção! Kkkk

Nos juntamos aos dois casais, e fizemos o passeio de barco pelo braço de mar, chamado pelo povo local de rio. Um passeio lindo até às dunas, passando pelas salinas, com pausa para banho, em algumas lagoas formadas pelas chuvas em meio às dunas.

Dunas de Galos
Dunas de Galos
Fred caminhando nas Dunas de Galos
Fred caminhando nas Dunas de Galos
Praia de Galos
Praia de Galos
Salinas
Salinas

Na volta, fizemos uma parada em Galos para almoçar no Restaurante da Dona Irene, o mais famoso da região, e que tem uma comida deliciosa. Pedimos um peixe, claro!

Retornar a Pousada, um banho de piscina, e já era hora de voltar para casa.

Relaxados e com as energias recarregadas!

Pôr do Sol em Galinhos
Pôr do Sol em Galinhos

Reserve seu hotel em Galinhos

*O Compartilhe Viagens participa de um programa de afiliados do Booking.com, por meio do qual é possível reservar hotéis  com descontos e segurança e ainda ajudar ao blog se manter. 

Comentários

  • jeffeson tomais costa da silva

    eu vou volta ai e muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiito bom . bom nao e muito gostozo e caumo e um paraiso eu te amor galinho praia muito bom euuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu esto com saudade ….xau muitos beijo bbjbjbjbjbjbjbjbjbjbjbjbjbjbjbjbjbjbjbjbjbjjbjbjbjbjbjbjbb

  • Pingback: Viagem com Yoga, nosso novo projeto | Compartilhe Viagens()

  • Carla Ramos

    pessoal estou indo para Natal agora em janeiro de 2015 e pretendo alugar um carro e ir para Galinhos. Melhor ir de carro mesmo ou de van?