Peru: Puno e as ilhas flutuantes do Lago Titicaca

Do lado peruano, a cidade de Puno é a principal base para conhecer o Titicaca, o lago navegável mais alto do mundo. A  143 km de Copacabana, na fronteira da Bolívia, Puno é normalmente incluída no roteiro de quem viaja pelos dois países.  A cidade, em si, não é bonita e não tem muito a oferecer. O principal atrativo está no lago: as ilhas flutuantes de Uros, que remontam ao período pré-colombiano.

Ilhas flutuantes de Uros
Ilhas flutuantes de Uros

Continuar lendo Peru: Puno e as ilhas flutuantes do Lago Titicaca


Lago Titicaca (lado boliviano): Copacabana e Isla del Sol

A Bolívia não tem um mar para chamar de seu, mas tem o Lago Titicaca. Considerado o lago navegável mais alto do mundo, o Titicaca tem  8.300 km2 e está situado a 3.821 metros acima do nível do mar. O lago fica na fronteira da Bolívia com o Peru, país ao qual também pertence. Ao longo do lago, nos dois países, estão várias praias e mais de 40 ilhas. Do lado boliviano, as mais conhecidas são a praia de Copacabana e a Isla del Sol.

O Lago Titicaca é de grande importância para o povo dos dois países, pois foi de suas águas que nasceu a civilização Inca. Por isso, também ao seu redor e em suas ilhas estão diversos sítios arqueológicos. O Titicaca é abastecido pela água das chuvas e do degelo da neve que vem das montanhas do altiplano. Para os povos indígenas dos dois países, as montanhas também são consideradas sagradas.

Isla del Sol
Isla del Sol

Continuar lendo Lago Titicaca (lado boliviano): Copacabana e Isla del Sol


La Paz, a capital mais barata da América Latina é cheia de atrativos

La Paz foi considerada a capital mais econômica para viajar da América Latina em 2014, em pesquisa realizada pelo site Tripadvisor. Mas, além da grande vantagem da economia, a capital administrativa da Bolívia é uma cidade cheia de atrativos. Há quem diga também que se você não for a La Paz não conheceu bem a Bolívia. A cidade é a mais populosa e multicultural do país, e por isso, é a mais representativa.

La Paz vista de El Alto
La Paz vista do teleférico

Continuar lendo La Paz, a capital mais barata da América Latina é cheia de atrativos


Mochilão na Bolívia: 10 coisas que você precisa saber antes de ir

Um país cheio de belezas naturais e culturalmente rico. Vizinho do Brasil, barato para viajar e  que não exige visto para os países do Mercosul. Assim é a Bolívia. No entanto, o país ainda está fora da lista dos destinos mais visitados pelos turistas brasileiros, que na América do Sul, inclui Chile e Argentina. Talvez porque a Bolívia tenha  fama de “durona”. Você sempre irá ouvir alguém dizer que é um país difícil de viajar. Para os mochileiros, no entanto, esse pode ser um atrativo a mais. Um desafio. Mas não é para tanto. Você só precisa saber de algumas coisas antes de ir e poderá tirar a viagem pelo país “de letra” e, certamente, irá se surpreender. Neste post, listei as 10 principais coisas que você precisa saber para planejar o seu mochilão pela Bolívia.

Laguna e vulcão da região de Lipez
Laguna e vulcão da região de Lipez

1- Viaje com milhas

É possível viajar para Bolívia com a mesma quantidade de milhas necessárias para viajar pelo Brasil. Com 10 mil milhas por trecho é possível emitir uma passagem para o país. Em geral, os trechos com milhas são oferecidos para Santa Cruz de la Sierra. Para quem é da região sul e sudeste também há muitas promoções de passagens que podem compensar mais do que usar as milhas.

2- É muito barato

Em tempos de alta de dólar, todo mundo está buscando por destinos mais baratos e a Bolívia é um deles. Apesar de o real também ter se desvalorizado com relação ao Boliviano (veja aqui a cotação atual), o custo de viajar pelo país é ainda muito baixo. É possível ficar em um quarto compartilhado, pagando R$ 15, na capital La Paz; pagar em torno de R$ 5 por uma refeição com entrada, prato principal e suco; e menos de R$ 0,50 em uma passagem de transporte público.

3- É um país cheio de belezas

Alguns dos lugares mais bonitos que já vimos no Mundo (Salar de Uyuni, Lipez e Isla del Sol) ficam na Bolívia. O país tem muitas belezas e o melhor é que algumas delas ainda não são tão exploradas. Mas da mesma forma também não estão preparadas para receber os turistas mais exigentes, porém satisfazem bem as necessidades de um mochileiro.

Isla del Sol
Isla del Sol

Continuar lendo Mochilão na Bolívia: 10 coisas que você precisa saber antes de ir


Bolívia: La Paz, Salar de Uyuni, Copacabana e Isla del Sol

Olá viajantes!

Hoje o Compartilhe Viagens recebe a visita do casal blogueiro Jackeline Mota e Rômulo Elizardo do Viaje Sim. Jackie é mineira, jornalista e mestranda em Estudos Estratégicos; Rômulo, médico e pós-graduando em neurociências. Juntos, eles dividem relatos e dicas sobre suas viagens no blog que tem uma história da escolha do nome muito interessante: o SIM faz uma referência ao casamento (os dois começaram escrevendo sobre destinos de lua de mel). Mas também faz uma referência a um episódio da vida de John Lennon e Yoko Ono. Pois Jackie é Beatlemaníaca. 

Segundo conta o casal SIM, John conheceu Yoko ao visitar sua exposição em Londres e a primeira obra que John viu no local era uma escada branca que levava ao teto também branco onde estava pendurada uma lupa e com ela lia-se no teto a palavra “Sim”. John disse que se houvesse lido qualquer outra palavra, teria ido embora. Mas como era sim, resolveu ficar e acabou conhecendo Yoko.
Bem, hoje Jackie e Rômulo dividem com a gente o Mochilão que eles fizeram em janeiro deste ano pela Bolívia e revelam para a gente um país vizinho com paisagens belíssimas e lugares incríveis.
Boa viagem! 

Continuar lendo Bolívia: La Paz, Salar de Uyuni, Copacabana e Isla del Sol


Rock in Rio: viajando para um grande evento

Olá viajantes!

Hoje compartilho com vocês uma das melhores viagens que já fiz, quando fui ao Rio de Janeiro para o Rock in Rio, no ano passado, e realizei um sonho da adolescência. O evento que chegou a dar espaço de uma década entre uma edição e outra, já tem sua 5ª edição confirmada para setembro de 2013.

Foram 11 dias de muita diversão no Rio e entre um show e outro, aproveitei para bater muita perna e conhecer um pouco a Cidade Maravilhosa.

Boa viagem!

Continuar lendo Rock in Rio: viajando para um grande evento