Blogagem coletiva: Retrospectiva com os 12 posts mais especiais de 2012

Olá viajantes!

O ano já está nos seus últimos dias e só tenho a agradecer. 2012 foi um ano muito especial e para mim, isso muito se deve ao Compartilhe Viagens. Fiz muitos amigos a partir do blog, que nasceu sem muitas pretensões, conheci outras realidades e tive um grato reconhecimento do trabalho que tenho feito com muito carinho. Aliás, como diria Confúcio “escolha um trabalho que você ame e não terás que trabalhar um único dia em sua vida” e O CV tem me ensinado que isto não é balela, mas é realmente possível.

Gostaria de agradecer imensamente a todos que colaboraram com este projeto, aos viajantes que me enviaram suas experiências, que para minha surpresa, foram muitos; ao mestre Antonino Condorelli, que tem cadeira cativa no blog, com sua coluna O Vagamundo, onde sempre publica seus belíssimos textos reflexivos; as empresas que apostaram no blog, como a Harabello Turismo, o Restaurante Caxangá Pipa, a Pousada Pedra Grande e o Taverna Pub. Por fim, quero agradecer a meu companheiro de vida e de viagens, que está por trás de tudo no CV, como analista de sistemas e fotógrafo nas horas vagas, Fred Santos.

Este post não é uma retrospectiva qualquer, faz parte da blogagem coletiva de fim de ano, da qual estão participando dezenas de blogs de viagens. Cada um escolheu os seus 12 posts mais especiais de 2012.

Para mim, a tarefa de escolher os melhores posts deste primeiro ano é ainda mais difícil, pois tudo foi muito especial. Como o Compartilhe Viagens não é escrito apenas por mim, resolvi dividir a seleção em seis posts de minha autoria e seis posts de viajantes colaboradores. Para não ser injusta escolhendo os melhores textos de colaboradores, pois todos foram muito importantes para o blog, vou colocar os que tiveram mais acessos e repercussão.

Os 6 posts mais especiais (escritos por Karla Larissa):

1-      Roteiro: Natal (RN) para turistas e natalenses: Escrever sobre minha cidade e com a ajuda do meu pai, Carlos Eduardo, que é guia de turismo em Natal há mais de 15 anos, foi muito especial. Mas melhor ainda, foi acompanhar a repercussão que o post teve, sendo o campeão de acessos e comentários do blog. E o seu desdobramento, que será o Rota 84 (www.rota84.com.br), um site filho do CV com conteúdo exclusivo de Natal e do Rio Grande do Norte que lançaremos em breve.

Noite de lua cheia em Natal. Foto: Canindé Soares
Noite de lua cheia em Natal. Foto: Canindé Soares

Continuar lendo Blogagem coletiva: Retrospectiva com os 12 posts mais especiais de 2012


Caminhante, são tuas pegadas o caminho, e nada mais

condor_76@hotmail.com
@el_condor76

A trilha sonora deste post é Cantares – Letra: Joan Manuel Serrat e Antonio Machado; Música e interpretação: Joan Manuel Serrat.

Sou europeu e fui adotado pela América do Sul. Ao longo de mais de trinta anos de existência, vivi em três países de diferentes continentes e passei longos períodos em outros dois. Sempre que pude, embora não tanto quanto teria gostado, devido a uma situação financeira sempre instável, fiz longas viagens de mochila pelo mundo. Sempre me senti atraído pelo encontro com o diferente; sempre procurei o deslumbramento, a vertigem, centelhas de significado para a minha existência no contato com outros lugares, outros povos, outras paisagens, no mergulho – embora por períodos breves – em ambientes não-urbanos. Sempre senti um impulso irresistível para o conhecimento e a mestiçagem com outros estilos de vida, com outras maneiras de pensar o mundo e de vivê-lo. Nunca me senti enraizado em lugar algum, sentindo à flor da pele aquela sensação de estrangereidade que Claude Lévi-Strauss, em Tristes Trópicos, assumiu como sua condição permanente, um sentimento de estranhamento constante que o fazia sentir-se estrangeiro em qualquer lugar, inclusive em sua cultura de origem.

Continuar lendo Caminhante, são tuas pegadas o caminho, e nada mais