Pessoas fazem a diferença

Deixei a Alemanha em 19 de outubro de 2016 com uma bagagem de cerca de 15kg e oito meses depois, em 11 de junho de 2017 voltei com 18kg. Não mudou muito porque eu não comprei muitas coisas durante a viagem, cruzando nove países. Entretanto, eu trouxe muitas memórias comigo.

Antes de deixar Berlim, eu sabia que iria aprender alguma coisa sobre mim viajando sozinha por meses. No entanto, eu não só me conheço melhor, como vejo o mundo de maneira diferente. Não somente pelos lugares que eu visitei, mas pelas conversas que eu tive com pessoas de diferentes culturas. No meu primeiro post da série Worldlust (Viajando sozinha por 6 meses), eu já disse “No fundo, eu sentia que para mim é mais importante conversar com as pessoas pessoalmente, dividir momentos especiais com elas do que ver uma paisagem bonita ou fazer algo espetacular”. Quero agradecer a cada uma dessas pessoas que transformaram a minha na jornada mais incrível da minha vida. Quero agradecer a cada um de vocês pelas risadas, lágrimas (de alegria ou tristeza), conversas interessantes que tivemos e todos os momentos maravilhosos que tivemos juntos! Quero compartilhar alguns exemplos do que aprendi com todos vocês. Continuar lendo Pessoas fazem a diferença


Voluntariado em um orfanato em Bali

Em Bali, eu fui a um evento de volutariado em um orfanato. Eu soube sobre o evento através de Erlangga, que postou no Couchsurfing. Realmente, eu queria fazer algum voluntariado e ter contato com crianças locais em Bali. Erlangga é uma das presidentes do Leo Club Bali Shanti. E é parte do Lions Club Internacional Bali Surya para causas sociais. Mas o Leo Club é para pessoas mais jovens, até 30 anos. Leo Club Bali Shanti é organizado por 20 pessoas em Bali que ajudam com o que eles podem. Eles fazem um evento a cada duas semanas para crianças, adolescentes e idosos, onde quer que seja necessário. Continuar lendo Voluntariado em um orfanato em Bali


First days in Bali – Anastasia’s Bali

After all the preparation and nervousness before my travel, my journey finally began last Thursday! My friend Anna, who visited me just before I left to the airport, said that this will be the journey of my lifetime… So I decided to give it a name on my own and I chose “WorldLust”. It is a combination of “wanderlust”, which is actually a German word and means the “passion for hiking”. As I don’t want to go just hiking, but to experience the world, I decided on the name “WorldLust” for my travels. ☺ What do you think of the name?

Me  in Bali
Me in Bali

Continuar lendo First days in Bali – Anastasia’s Bali


Imperdível no Camboja: Siem Reap e os templos de Angkor

Se você tiver que escolher apenas um lugar para visitar no Camboja certamente deverá ser a cidade de Siem Reap e os templos de Angkor. Como escrevi no post Camboja: 10 coisas que você precisa saber antes de ir, a travessia por rodovia da Tailândia para o Camboja provavelmente será infernal, mas depois de chegar em Siem Reap, o sacrifício valerá a pena. E se não quiser passar por nenhum sacrifício, vá de avião, como sugeri no outro post. Siem Reap é uma cidade pequena e charmosa com muitos restaurantes, bares e, principalmente, hotéis e albergues para hospedar os turistas que visitam os templos de Angkor, que é Patrimônio Mundial da UNESCO.

Monge budista passeia pelo templo Bayron
Monge budista passeia pelo templo Bayon

Continuar lendo Imperdível no Camboja: Siem Reap e os templos de Angkor