Vizinha à ilha de Tinharé, onde fica a badalada Morro de São Paulo, a Ilha de Boipeba é um paraíso repleto de belas praias (sabe aquelas fotos de descanso de tela de computador? Bem nesse estilo!), corais, rios, manguezais, e ainda consegue preservar o ritmo de vilarejo praiano. Assim, Boipeba agrada os turistas que curtem natureza e lugares sossegados. Além disso, o custo de Boipeba é menor do que de Morro. A única coisa que lamento da nossa ida a Boipeba foi ter ficado pouco tempo. Ficou com vontade de conhecer esse paraíso? Saiba como chegar, onde ficar, as praias e passeios.

Ilha de Boipeba
Praia de Bainema, Ilha de Boipeba

Como chegar

Atracadouro Zé da Viúva, na Boca da Barra
Atracadouro Zé da Viúva, na Boca da Barra

As ilhas de Tinharé e Boipeba pertencem ao município de Cairu, na chamada Costa do Dendê. Se você não tiver dinheiro sobrando para chegar de aviãozinho, o único jeito de chegar lá é de barco, que leva horas, ou lancha rápida. Você pode pegar a lancha em um dos portos mais próximos: Graciosa (Nilo Peçanha), Valença, Torrinhas ou Cairu. Em todos esses portos, você irá encontrar estacionamento próximo (a maioria, pago) para deixar o carro nos dias em que ficará em Boipeba. Se você for sair de Salvador, precisará pegar um ferry boat + ônibus para um desses destinos.

Se quiser sair de Morro de São Paulo direto para Boipeba, terá que fazer o trecho no passeio de Volta à Ilha de Morro, que foi o que fizemos, mas não recomendo (neste post contei sobre minha decepção com esse passeio) ou fretar um barco, o que sairá bem mais caro. A outra opção é de Morro voltar para o estacionamento/porto onde você deixou o carro e de lá pegar a lancha para Boipeba.

Nós fomos para Boipeba com o passeio de Volta à Ilha de Morro, que custou R$ 80 por pessoa, e na volta, pegamos uma lancha de Boipeba à Valença por R$ 44 por pessoa + táxi até o Atracadouro Bom Jardim (R$ 40 para 4).

A Vaneza Narciso do blog Vaneza com Z fez um post bem detalhado com todas as opções e valores de como chegar em Boipeba:

https://vanezacomz.blogspot.com.br/2017/01/como-chegar-na-ilha-boipeba-bahia.html

Onde ficar

Velha Boipeba
Velha Boipeba

Na ilha não circulam carros, então, na hora de decidir sobre a hospedagem veja se não é muito longe do local de chegada da sua lancha, que normalmente, é o Atracadouro Zé da Viúva, na Praia da Boca da Barra.

Para levar as suas bagagens, caso precise, em Boipeba tem táxis como os de Morro de São Paulo, que são carregadores com carrinhos de mão. O preço depende da distância e da quantidade de bagagem, a partir de R$ 20. Mas vale negociar.

Boipeba é um pouco mais barata que Morro, mas as opções mais econômicas não são tão perto da praia. Nós ficamos na Pousada Aritibe. Um pousada simples, mas com todo o básico necessário: quartos com banheiros privativos, chuveiro elétrico, ar condicionado, tv (eu nem ligo, mas muita gente quer), varanda com rede e café da manhã bem servido e delicioso (A Ana, que faz o café, é super atenciosa). O problema é a distância para levar as malas, mas pagamos R$ 20 para o “táxi”.

Nosso quarto na Pousada Aritibe
Nosso quarto na Pousada Aritibe

Pagamos R$ 150 pelo quarto duplo (janeiro de 2017).  A nossa pousada dizia que era “beira-mar”, mas na verdade, ficava a quase 1km da praia. Perguntei ao dono, ele disse que “na ilha é tudo beira-mar, pois está perto do mar, beira-praia são as que ficam de frente para a praia”. haha Eu nunca tinha ouvido falar nisso, mas deixei pra lá porque, realmente, nas explicações do Booking.com, falavam as distâncias para as praias. Mas fiquem atentos.

Reserve sua hospedagem na Ilha de Boipeba

Praias

Como falei, Boipeba tem várias praias paradisíacas, com mar azul Caribe, areia branquinha e coqueirais.

Praia da Boca da Barra
Praia da Boca da Barra

A Praia da Boca da Barra é onde chegam as lanchas no Atracadouro Zé da Viúva. Ela fica no encontro do mar com rio do Inferno e é uma das mais próximas do centrinho da Velha Boipeba, onde ficam a maior parte das pousadas, restaurantes e comércio.

Depois da Boca da Barra vêm as praias de Tassimirim e Cueira. É possível chegar nessas duas praias caminhando por uma trilha, que parte do final da praia da Boca da Barra. Até Tassimirim são 10 minutos e até a Cueira, 30 minutos. As duas praias são cercadas por coqueirais. Na maré baixa, formam-se piscinas naturais em Tassimirim.

A próxima praia é a de Moreré, que fica separada da Cueira pelo rio Aritibe. É uma das mais famosas da ilha, devido às suas piscinas naturais e corais. Também dá para chegar lá por trilha que leva umas 2h, seguindo pela beira-mar, ou de trator, que sai da Velha Boipeba, e custa de R$ 10 a R$ 15 o trecho (janeiro de 2017).

As piscinas de Moreré são visitadas em passeios que partem de Boipeba e também de Morro de São Paulo, por isso, em alguns horários podem estar bem cheias. Na maré baixa, a visibilidade é muito boa e dá para ver bem os corais e peixinhos coloridos. Da praia de Moreré, para chegar até as piscinas é preciso pegar uma canoa ou barquinho.

A praia mais bonita de Boipeba, na minha humilde opinião, é Bainema. Esta praia tem uma extensa faixa de areia branca, recortada por coqueirais, e um mar azul turquesa. A praia é praticamente deserta e só tem um camping e bar que vende água de coco, alguns drinks e petiscos.

Praia de Bainema
Praia de Bainema

Separada de Bainema pelo rio Catu está a Ponta dos Castelhanos, também uma belíssima praia de água cristalina e coqueirais. Nesta praia tem algumas barracas de palha que vendem siri, caranguejo, lambreta (um tipo de molusco de águas salobras), peixe frito, pasteis de vários sabores (entre eles lagosta, camarão, siri) e bebidas.

Ponta dos Castelhanos
Ponta dos Castelhanos

Em frente a esta praia ficam as piscinas naturais da Ponta dos Castelhanos, menos famosas do que a de Moreré, por serem mais distantes, e por isso menos frequentadas. Aqui a transparência da água permite ver muitos tipos diferentes de peixes e corais.

Piscinas da Ponta dos Castelhanos
Piscinas da Ponta dos Castelhanos

A última praia é a Cova da Onça, no vilarejo de São Sebastião. É uma praia de água mais escura devido ao manguezal e a areia é praticamente lama. Nessa praia tem alguns restaurantes onde, normalmente, são feitas as paradas para almoço no passeio de Volta à Ilha de Boipeba.

No vilarejo fica a bela igrejinha de São Sebastião (do início do século 20). Vale uma caminhada pelo vilarejo, pois é um dos lugares mais autênticos e com menos influência do turismo de Boipeba.

Roteiro e Passeios

Paisagens do passeio de Volta à Ilha
Paisagens do passeio de Volta à Ilha

O passeio mais completo e que recomendo muitíssimo a fazer é o Volta à Ilha de Boipeba. Nele, você poderá conhecer praticamente a ilha toda, especialmente, os lugares mais distantes da Velha Boipeba, que são mais difíceis de conhecer de outra forma. Também este passeio inclui paradas nas piscinas de Moreré e da Ponta dos Castelhanos. Além de conhecer as praias, o passeio também inclui os rios Catu, rio dos Patos e do Inferno. Leva um dia inteiro, das 9h às 17h.

Contei todos os detalhes sobre este passeio no post: Bahia – Passeio de volta à ilha de Boipeba tem paisagens espetaculares e piscinas naturais cristalinas

No passeio de Volta à Ilha, no entanto, não fazemos paradas nas praias de Tassimirim, Cueira e Moreré. Então, você pode reservar um outro dia para fazer a trilha para essas três praias. E encerrar no entardecer na Praia da Boca da Barra.

Existem alguns passeios alternativos de caiaque e stand up paddle no manguezal, que são oferecidos por algumas agências.

No período de julho a novembro, um passeio que acredito ser imperdível é o de observação de baleias jubartes.

Na Velha Boipeba, à noite, funcionam restaurantes, barracas de lanches, drinks e artesanatos
Na Velha Boipeba, à noite, funcionam restaurantes, barracas de lanches, drinks e artesanatos

Diferente de Morro de São Paulo, Boipeba não tem uma noite muito agitada. Mas à noite, na Velha Boipeba, funcionam várias barraquinhas de comida, drinks e artesanato, além dos restaurantes. Em épocas de maior fluxo turístico ou períodos festivos são realizados desfiles de ruas de bumba meu boi e pastoril, preservando as tradições da ilha. Quando estivemos lá, fizeram um desfile desses! <3

Desfile de Boi Bumbá, na Velha Boipeba
Desfile de Boi Bumbá, na Velha Boipeba

Nós ficamos em Boipeba por dois dias, mas gostaria de ter ficado pelo menos três ou quatro para aproveitar a ilha com mais tranquilidade. Não preciso nem dizer que já saí de lá pensando em voltar, né?


Comentários

  • VaneZa NarciSo

    Excelente post!
    Ilha de Boipeba mora em meu ❤❤❤.
    É muito linda e mais barata que Morro.
    Obrigada pela menção.
    Abraços!

    • Tiana Soares

      Visitei ano retrasado e ameiii a Ilha!
      Lugara paradisiaco! Vale muito a pena conhecer!

    • De nada, Vaneza! Seu post está ótimo, tudo explicadinho. Pena que só descobri depois de ir. =P Bju!